Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Árvores na cidade: efeitos da iluminação artificial

Muito se fala sobre como a poluição ambiental e a chuva ácida afeta as árvores nos ambientes urbanos. Entretanto, há outros fatores que malogram o desenvolvimento satisfatório delas, e um deles é o excesso de luminosidade artificial produzido pela iluminação pública. Cientistas da Universidade de Exeter, no sudoeste da Inglaterra; publicaram um estudo no último 29 de junho, identificando a luz artificial como um fator que altera o “relógio biológico” das árvores alterando seus ciclos. Eles observaram que, nos finais dos invernos, as árvores soltavam brotações uma semana antes nas ruas e avenidas com iluminação artificial intensa, quando comparadas com as que estavam plantadas em locais menos iluminadas.

As pesquisas foram feitas durante 13 anos consecutivos, entre os invernos e as primaveras no Reino Unido, por intermédio de imagens de satélite feitas à noite, concluindo que estas eclosões foliares antecipadas não tinham relação com as variações de temperatura.

Esse diagnóstico científico levanta opiniões apreensivas perante a possibilidade de um desequilíbrio ambiental, onde a flora e a fauna possam ser afetadas. É importante destacar que o ecossistema do planeta é integrado e interdependente e a iluminação artificial pode causar um efeito em cadeia, acelerando os processos químicos da vegetação sem, no entanto, gerar a fotossíntese. Há 15 anos a Universidade Atlântica da Flórida, nos EUA já afirmava que essas luzes noturnas “enganavam” às árvores fazendo-as sentir que ainda era dia, modificando assim seus padrões de crescimento. Apontavam também que ajustavam o comportamento como se estivessem no verão, quando a atividade folhar era mais intensa devido ao dias mais longos. Pragas e doenças também proliferam com maior intensidade, valendo-se da ausência de predadores, como os pássaros que se alimentam delas durante o dia.

As essências caducifólias são as mais prejudicadas já que precisam perder suas folhas com um ritmo periódico, não suportando os ventos frios do inverno. Suas copas frondosas pesam demais nesta estação levando a queda dos ramos e da própria árvore nos dias chuvosos.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

2 Comments

  1. Mestre Raul, acácia jatância é uma árvore que podes ser plantada em região de praia ?
    Obrigada

    • Bom dia Elizabeth,

      Não conheço nenhuma árvore por esse nome, Você saberia me dizer o nome botânico dela?

      Abraços