Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Beija-flores

beija-flor sugando o néctar de uma grevílea-anã (Grevillea banksii)

beija-flor sugando o néctar de uma grevílea-anã (Grevillea banksii)

Os pássaros sempre foram símbolo de liberdade. Mesmo que alguns, como os pinguins, sejam incapazes de voar e tenham suas vidas mais limitadas. Há também alguns que parecem tristes, a patativa, sempre chorona, é um exemplo. Mas, todos são independentes e espontâneos. Periquitos, cegonhas, águias e andorinhas, por sua vez, flutuam entre céus e nuvens com qualquer sol, sem diferenciar domingos de quartas-feiras.

De todos eles, os beija-flores me causam uma sensação diferente: parecem mais descomedidos, impulsivos, sempre vivendo de modo acelerado, como se tivessem pressa de sorver o néctar de todas as flores. Paíram nas helicônias, nos brincos de princesa, nas madressilvas, nas russélias, nos camarões-amarelos, parecendo mini-helicópteros com silenciador.

asorvendo as substâncias açucaradas de uma madressilva

asorvendo as substâncias açucaradas de uma madressilva

Com frequência me perguntam sobre a melhor maneira de atraí-los. Eu respondo: cultive plantas cujas flores permitam aos beija-flores enfiar o bico longo. As plantas em forma de trombetinhas são as melhores.

Fique alerta. Os beija-flores carregam felicidade para o ano que está apenas começando!

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.