Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Galinha-d’angola

Quando habitualmente nos referimos a ela começamos com uma narrativa pantagruélica, envolvendo receitas e gourmets famosos. Mas meus comentários sobre esta ave africana, introduzida pelos colonizadores portugueses, não vão tocar assuntos culinários e sim sua utilidade nos nossos jardins. A guiné ou coca, nomes dados dependendo da região, é fácil de criar em jardins amplos, onde possam viver em bandos, oferecendo um bonito espetáculo graças a beleza da plumagem e ao seu canto ou grito característico de “tô-fraco, tô-fraco, tô-fraco…”. Mas além dessa exibição a galinha d’angola é uma boa controladora de algumas das pragas que assolam nossos jardins. Escorpiões, lesmas, formigas, carrapatos, pequenos répteis e vários outros insetos, fazem parte da alimentação delas, complementadas por capins, grãos, frutas e sementes.

Formando casais, vivem soltas ciscando em busca de alimento e à noite preferem espaços cobertos com algum tipo de poleiro ou mesmo árvores frondosas com copas baixas. Rústicas e muito resistentes, raramente ficam doentes e convivem bem com outros animais domésticos, dividindo espaços com outras aves, inclusive.

Vinicius de Moraes

Vinicius de Moraes

De tão pitoresca, mereceu uma poesia de Vinícius de Moraes, no livro A Arca de Noé – Poemas Infantis:

Coitada, coitadinha
Da galinha-d’Angola
Não anda ultimamente
Regulando da bola

Ela vende confusão
E compra briga
Gosta muito de fofoca
E adora intriga
Fala tanto
Que parece que engoliu uma matraca
E vive reclamando
Que está fraca

Tou fraca! Tou fraca!
Tou fraca! Tou fraca! Tou fraca!

Coitada, coitadinha
Da galinha-d’Angola
Não anda ultimamente
Regulando da bola

Come tanto
Até ter dor de barriga
Ela é uma bagunceira
De uma figa
Quando choca, cocoroca
Come milho e come caca
E vive reclamando
Que está fraca

Tou fraca! Tou fraca! Tou fraca!

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

6 Comments

  1. Oi Raul, um esclarecimento, por favor: belos jardins e galinhas d’angola podem conviver? Sei que elas são ótimas controladoras de pragas mas não danificam o jardim como as demais galinhas? Muito obrigada! Um abraço

    • Oi Sheyla,

      Elas não estragam as plantas ornamentais, mas apenas grilos,lagartas,escorpiões,etc.

      Pode cria-las sem problemas.

      Abraços

  2. hahahahaha… mto bom o texto!!!!

  3. Raul Você nos encanta com suas sabias histórias e alegra o Jardim da Vida”Trazendo Inspiração pra alma”…

    • Oh!Neiva,

      Quanta gentileza sua. Fico contente de saber que gosta de meus textos