Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Periquitos

Com o pomposo nome de Melopsittacus undulatus, os periquitos australianos, fazem parte da paisagem urbana nas cidades brasileiras. Embora não sejam nativos, voam em bandos com vinte ou trinta componentes (as vezes até mais) pelos corredores ecológicos, conectando áreas rurais com zonas urbanas, como se estivessem por aqui desde sempre. Parentes dos papagaios e das araras, estes psitacídeos que medem mais ou menos 20 centímetros são, originalmente, de cor verde-claro, entretanto surgiram outros amarelos, azul escuro, celestes, albinos, acinzentados, com diferentes tons de verde e inclusive malhados, chegando a mais de cem tonalidades. Aves muito resistentes e sociáveis suportam longas estiagens nos seus doze a quatorze anos de vida, alimentando se de sementes de gramíneas, quando livremente andam pelos parques e pelos jardins.

A despeito de serem ótimos como aves de estimação e viverem com saúde em gaiolas, prefiro vê-los nas ruidosas revoadas nos finais de tarde, alegrando meu jardim, antes de minhas plantas caírem no sono.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.