Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Abarema jupunba

angelin-falso, pau-bicho, contas-de-nossa-senhora, ingarana, saboeiro, tento azul

Foto de Alex Popovkin, Bahia, Brazil, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

Com copa larga, densamente arredondada e bastante ramificada, deve ser planejada para áreas amplas e é muito indicada para paisagismo, onde suporta períodos de estiagem. A árvore é fonte para a elaboração de sabão parasiticida e tem uma relação simbiótica com algumas bactérias presentes no solo, essas bactérias formam nódulos em suas raízes, fixando o nitrogênio atmosférico e parte desse nitrogênio é aproveitado pela árvore, sendo também usado por outras plantas que crescem próximas. No Peru é cultivada para sombrear os cafeeiros.

Foto de Alex Popovkin, Bahia, Brazil from Brazil, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

As folhas maceradas e a casca interna da árvore, são usadas como detergente ou como xampu para o tratamento da coceira e descamação do couro cabeludo.

Foto de Alex Popovkin, Bahia, Brazil, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

É reproduzida pelas sementes e as primeiras folhas surgem em aproximadamente quatro semanas. O crescimento é lento.

  •  Sinônimos estrangeiros: soapwood, bread-and-cheese, (em inglês); frijolillo, olivo, sacha tara, pan de trigo, carbonero, rayo, (em espanhol).
  • Família: Fabaceae.
  • Características: árvore perene.
  • Porte: 10 a 20 metros de altura.
  • Fenologia: de outubro a janeiro.
  • Cor da flor: branca amarelada.
  • Cor da folhagem: verde escuro.
  • Origem: nordeste e norte do Brasil, também em Colômbia, Bolívia, Peru, Venezuela, Trinidad e Tobago e Guianas.
  • Clima: tropical/subtropical.
  • Luminosidade: sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange