Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Acanthus mollis

acanto-comum, acanto-grego, acanto-manso, erva-gigante

Foto de Gmihail at Serbian Wikipedia, CC BY-SA 3.0 RS, via Wikimedia Commons

Nos capiteis coríntios, das colunas na Grécia antiga, o acanto serviu de inspiração ao escultor grego Calímaco e os mais antigos são os do Templo de Apolo Epicuro, em Bassas, construído em 450 a.C., sendo incluído na lista do Patrimônio Mundial da UNESCO.

A lenda grega diz que Acantha era uma ninfa amada pelo deus Apolo, no entanto, ela o rejeitou arranhando o rosto e como resultado, Apollo a transformou no Acanthus, uma planta com folhas espinhosas.

Foto de Jacques.huin, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Plínio, o Velho (23-79 d.C.), na sua enciclopédia de 37 volumes, Naturalis Historia, a recomendava, para os jardins romanos, mencionando sua beleza.

A planta, que possui folhas grandes, é indicada para a região Sul do Brasil ou as zonas serranas onde os invernos são mais marcantes, já que não suporta temperaturas altas durante muito tempo. O solo deve conservar uma certa umidade para manter as folhas aprumadas e é ideal para grandes maciços sob a copa das árvores, assim como em bordaduras, onde forma vigorosas touceiras. Não é atacada por insetos ou doenças, os caracóis e lesmas são visitantes ocasionais que podem danificar as folhas se não forem controlados. O Acanthus mollis é entomófilo, polinizado por abelhas ou zangões que sugam o néctar no fundo do tubo floral.

Foto de Rama, CC BY-SA 3.0 FR, via Wikimedia Commons

É multiplicada pelas mudinhas que crescem envolta da planta-mãe, nos finais do inverno.

  • Sinônimo estrangeiros: spiny bear’s breech, bear’s breeches, artist’s, bearsfoot, false orchid, grecian pattern plant, oakleaf acanthus, oyster plant, sea dock, sea holly, (em inglês); acanto comune, boncursina, catascia, (em italiano); acanto común, hierba gigante, carnerona, oreja gigante, ranita, pie de oso, alas de ángel, yerba carderona, (em espanhol); acant, ala d’àngel, (em catalã); acanthe, acanthe à feuilles molles, (em francês); wahrer bärenklau, pracht-akanthus, (em alemão); akanthos, (em grego); mjukakantus, (em sueco); harcuch-kanta (na Índia).
  • Família: Acanthaceae.
  • Características: herbácea perene, rizomatosa.
  • Porte: 1 metro de altura como máximo.
  • Fenologia: primavera, verão, com espigas de mais de um metro de altura.
  • Cor da flor: branca com brácteas púrpuras.
  • Cor da folhagem: verde escuro brilhante.
  • Origem: Grécia, Itália, Portugal, Espanha, Croácia, Turquia Ocidental e Norte da África em Marrocos, Tunísia e Argélia.
  • Clima: Temperado / subtropical. Suporta temperaturas de -6º.
  • Luminosidade: meia sombra ou sol da manhã.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

2 Comments

  1. Bonita de mais.. en benos aires es muy usada la cucaracha!!!

    • Si, me acuerdo de esto!!!

      Abrazos

Secured By miniOrange