Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Aechmea blanchetiana

bromélia-porto-seguro, bromélia-tanque, gravatá

Foto de Daderot, CC0, via Wikimedia Commons

Ela pode ser cultivada como epífita, em troncos de árvore ou formando grupos densos no solo e é indicada especialmente para regiões litorâneas. As folhas são coriáceas, rígidas e laminares, com tonalidade verde-clara ou avermelhada, brilhantes e organizadas em forma de roseta, formando um receptáculo propício para acumular até um litro de água, onde igualmente são colhidos detritos que, ao se decompor, geram nutrientes absorvidos pela bromélia. As flores, com cores vermelhas e amarelas,  duram muito tempo e alcançam até 1,60 metros de altura, atraindo principalmente beija-flores, mas também abelhas, besouros e borboletas, assim como visitadas por diversas aves que bebem a água depositada na pla nta. O tanque no centro da planta deve ter água permanentemente, cabendo ressaltar que isto não atrai o mosquito da dengue, Aedes aegypti, conforme o Instituto Oswaldo Cruz (http://www.fiocruz.br/ioc/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=%20182&sid=32). A espécie é monocárpica, produzindo fruto uma só vez e morrendo em seguida.

Foto de Cristian Bortes from Cluj-Napoca, Romania, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

Esta bromélia ficou popular nos anos 60, quando Roberto Burle Marx a utilizava na composição de maciços a pleno sol.

O nome do gênero deriva do grego “aichme” = ponta de lança, com referência aos ápices espinhosos das sépalas e das brácteas florais e homenageia ao seu descobridor, o botânico suíço Jacques S. Blanchet, (1807-1875).

É multiplicada pelas sementes, mas é preferível que seja por separação das mudas formadas após a florada. Antes de destaca-las, espere que a novas mudas tenham 2/3 do tamanho da planta mãe.

  • Sinônimos estrangeiros: orangeade bromeliad, large bromeliad, (em inglês).
  • Família: Bromeliaceae.
  • Características: herbácea acaule.
  • Porte: 60 a  90 centímetros de altura.
  • Fenologia: primavera e verão.
  • Cor da flor: vermelha.
  • Cor da folhagem: verde-clara ou avermelhada quando cultivada a pleno sol.
  • Origem: Brasil, na Mata Atlântica, principalmente nas restingas do Espírito Santo, Bahia, Sergipe e Alagoas.
  • Clima: tropical/subtropical.
  • Luminosidade: sol pleno em regiões de clima mais frio, meia-sombra em áreas com temperaturas altas.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange