Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Aeonium arboreum ´Atropurpureum´

aeonium-arbórea-púrpura, pinya-groga, árvore-abacaxi, bejeque-arboreo, rosa negra, beleza negra

Esta espécie precisa uma mistura de solo bem drenado, composta com areia. Regas com pouca frequência, podendo secar completamente entre uma e outra. Nos meses de inverno, restrinja a água a cerca de uma vez por mês, ou somente o suficiente para impedir que a folhagem se encolha. Posicione-a em um local protegido do sol direto, entretanto a luz brilhante aprimora os ricos tons dos Aeoniuns mais escuros. As plantas tendem a adormecer no verão e às vezes parecem um pouco cansadas, mas elas se animam novamente no outono. Precisa de proteção contra fortes geadas de inverno (resistente a -2 ° C ou um pouco menos por curtos períodos).

O Aeonium arboreum é facilmente propagado por estacas na primavera. Quando o caule torna-se alto, basta cortar a roseta topo com um pedaço de caule e plantá-la. Hora de fazer as mudas: de outubro a janeiro. Não precisa de adubos nem podas.

Seu nome genérico do latim aeonium, foi aplicado por Dioscórides a uma planta crassa, provavelmente derivado do grego aionion, que significa “sempre viva” e arboreum é um epíteto que procede do latim arboreus, que significa “com forma de árvore”, aludindo ao tamanho da planta, maior que o das outras espécies do género.

É uma planta ideal para ser cultivada em vasos ou em jardins com pedras, junto a cactos e outras suculentas.

  • Sinônimos estrangeiros: black tree aeonium, black beauty, black rose, Purple rose tree, purple rose, (em inglês); garchosilla, piñuela, puntera, cabeza negra, siempreviva, siempreviva arbórea, siempreviva arbórea, siempreviva mayor, yerba callera, yerba puntera, (em espanhol).
  • Família: Crassulaceae.
  • Características: Arbusto suculento.
  • Porte: 1,20 m.
  • Fenologia: Verão.
  • Cor da flor: Amarelo claro.
  • Cor da folhagem: matizes diversos.
  • Origem:  Ilhas Canárias e costa atlântica de Marrocos .
  • Clima: temperado/subtropical/ tropical.
  • Luminosidade: sol pleno, meia sombra.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

24 Comments

  1. Oi, boa noite!
    Sabe dizer quanto de diâmetro ela tem quando adulta? O arbusto todo, não só as rosetas. Desde já obrigada!

    • Bom dia Alexia,

      Cada roseta chega a medir 22 centímetros e o conjunto da planta pode alcançar 60 centímetros.

      Abraços

  2. Boa noite..tive que decapitar um devido a neumatoides..coloquei ele no solo bem preparado após ter cicatrizado..e minha dúvida..eu rego ou não pois com essa espécie não tenho experiência…as folhas ficaram bem feias e tirei o quanto possível. será que pode me dar dicas…pois ainda não formou raiz e já se passaram mais de dez dias…

    • Boa tarde Viviane,

      Os nematoides são vermes muito pequenos que infestam o solo, alimentando-se das raízes. Portanto a solução não é podar seu Aeonium e sim tratar essa praga plantando Tagetes patula (cravo-de-defunto) e Tropaeolum majus (capuchinha) e regando com Pironat (extrato pirolenhoso, obtido pela condensação da fumaça, proveniente da queima de lenha).

      De qualquer maneira mantenha o solo levemente úmido, onde a muda foi plantada e veja de que a drenagem seja muito boa, já que o Aeonium desenvolve melhor em terras enxutas.

      Abraços

  3. Gostei das explicações sobre a eonium,foi bastante esclarecedor

    • Ah, que bom que gostou, Divina!

      Abraços

  4. Ola mais uma pergunta, por favor obrigado, ela deve ser adubada ? Se sim qual adubo de que forma e de quanto em quanto tempo? Muito obrigado

    • Olá Rodrigo,

      O adubo mais indicado é 50 gramas de farinha de ossos para cada Aeonium, a cada 6 meses, também pode usar o fertilizante Forth Cactos, na dosagem de 5 ml por litro de água, regando o solo do vaso na parte da manhã, com a frequência recomendada pelo fabricante.

      Abraços

      • Muitíssimo obrigado

        • Você merece, Rodrigo!

          Abraços

      • Ok muito obrigado nem sei como agradecer, mas enfim essa 50g de farinha de osso como eu devo aplicar ?

        • Oi Rodrigo,

          Aplique diretamente no solo, revolvendo em seguida até uma profundidade de 5 centímetros e regue moderadamente a seguir.

          Abraços

  5. Bom dia obrigado gostaria de saber se as folhas grandes tem que ser retirada !? Obrigado

    • Boa tarde Rodrigo,

      As folhas grandes são as mais velhas e elas caem sozinhas.

      Abraços

  6. Como faço pra comprar uma muda

  7. minha aeonium está só com quatro folhas o que fazer?

    • Silvana,

      A maior parte dos aeoniums desenvolve bem sem fertilizantes e o excesso deles pode levar a um crescimento fraco e descoloração em plantas sadias. A exceção é para os aeoniums cultivados em vasos ou jardineiras, que podem esgotar rapidamente os nutrientes do solo. Use fertilizantes de liberação lenta, como o Forth Cote 14-14-14 ou o Forth Cactos, também muito indicado para que seu Aeonium solte mais folhas.

      Abraços

  8. Excelente página, ótimas informações.

    Gratidão!

    • Ah, André, que bom que você gostou!

      Abraços

  9. Aeoniums são maravilhosos! Excelentes informações. Sabe me informar se são tóxicas pra cães?

    • Elizabeth,

      O Aeonium não é tóxico para os cães. Pode cultivar tranquila.

      Abraços

      • Muito obrigada! Vou cultivar tranquila agora. Sou apaixonada por eles. Parabéns pelo site!
        Abraços

        • Você merece, Elizabeth e obrigado por parabenizar nosso trabalho!

          Abraços