Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Alocasia amazonica

Punhal-malaio, alocásia polly, cara-de-burro

Esta alocásia é o resultado da criação a partir de sementes produzidas pela polinização cruzada entre indivíduos de espécies distintas e tem folhas muito vistosas, com uma cor verde escura brilhante e nervuras brancas, a cara inferior é roxa e os pecíolos têm perto de 30 a 40 centímetros de comprimento.

As folhas amareladas ou velhas precisam ser cortadas para que não haja infestação por fungos e bactérias e devem ser limpas com frequência para remover a poeira. Dessa maneira ficarão brilhantes evitando também o entupimento dos poros. Borrifá-las diariamente com água mineral irá manter a umidade alta.

Aconselho uma adubação rica em fósforo a cada duas semanas, porém nunca na estação invernal.

Ela ganhou o Prêmio de Mérito do Jardim da Royal Horticultural Society, em Londres e é fantástica para ser cultivada nos interiores ou em regiões tropicais, como o Norte e Nordeste, onde as temperaturas no inverno não são baixas.

  • Sinônimos estrangeiros: Amazonian elephant’s ear, (em inglês); oreja de elefante, máscara africana, (em espanhol); l’oreille d’éléphant, (em francês); orecchio bianco di elefante, (em italiano); alokasie (em alemão).
  • Família: Araceae.
  • Características: Herbácea perene.
  • Porte: 1,50 de altura máxima.
  • Fenologia: Sem importância.
  • Cor da folhagem: Verde escuro, com nervuras brancas.
  • Origem: China, é um híbrido da floresta tropical asiática.
  • Clima: Tropical, quente e úmido é muito sensível ao frio, não suportando temperaturas abaixo dos 17º
  • Luminosidade: Sombra parcial/sombra.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

Secured By miniOrange