Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Alpinia zerumbet “variegata”

Gengibre-concha, falso-cardamomo, alpinia, colônia, louro-de-baiano, paco-seroca, cuité-açu

Uma planta muito comum no Nordeste do Brasil, com folhas coriáceas, espessas, lanceoladas e sulcadas por listras amarelas, se destaca no cenário paisagístico. Considerada planta medicinal, com várias aplicações, pode ser cultivada com o sol da manhã, onde fica mais compacta e atarracada ou na sombra, lugar no qual alcança uma altura maior. Aprecia solos ricos em matéria orgânica e levemente úmidos.

No paisagismo compõe cenários interessantes, quando combinada com outras espécies tropicais que possuam silhuetas diferentes e tonalidades variadas. É importante destacar que esta Alpinia deve ser contemplada a uma distancia próxima, já que sua coloração lhe proporciona uma apreciação relevante.  

  • Sinônimos estrangeiros: Light galangal, pink porcelain lily, shell flower, (em inglês); azucena de porcelana,  (em espanhol); gingembre coquille, fleur du paradise, (em francês); yan shan Jiang, (na China); galoba merah, goloba koi, langkuas laki-laki, (na Indonésia);  langkuas na pula, (nas Filipinas); khaa khom, (em Tailândia).
  • Família: Zingiberaceae.
  • Características: Herbácea robusta.
  • Porte: 2,00 a 3,00 metros
  • Fenologia: Verão/outono.
  • Cor da flor: Rosado.
  • Cor da folhagem: Verde claro.
  • Origem: China, Bangladesh, Índia, Laos Tailândia, Vietnã e Japão.
  • Clima: Tropical/subtropical.
  • Luminosidade: Sol da manhã ou meia sombra.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.