Aptenia cordifolia

mai 24, 2013 por

rosinha-de-sol, apténia, rosinha-do-meio-dia

Temos aqui uma forração ideal para encostas íngremes, onde há necessidade de controlar erosão. Associada com outras espécies rústicas, como ela, progride em solos arenosos e pobres, onde pode formar imensas colônias. Inicialmente pode ser plantada a uma distancia de 30 a 40 cm, entre as mudas.

Gosta de ventos marítimos, mas vegeta igualmente em regiões de cerrado, de caatinga e em lajes onde a umidade é escassa, nestes casos é um bom substituto dos gramados, no entanto não suporta o pisoteio.

A espécie é denominada cordifolia em razão de suas folhas, em forma de coração. O sabor delas lembra um pouco o do espinafre.

  • Sinônimos estrangeiros: ice plant, heartleaf iceplant, dew plant, baby sun rose, rock rose, red apple (em inglês); rocío, escarcha, aptenia, teguise, lanzarote, cabelleras de la reina (em espanhol).
  • Família: Aizoaceae.
  • Características: planta rasteira.
  • Fenologia: todas as estações.
  • Cor da flor: vermelho vivo.
  • Cor da folhagem: verde-escuro (suculentas).
  • Origem: África do Sul.
  • Clima: subtropical/ tropical (não tolera geadas).
  • Luminosidade: sol pleno

Raul Cânovas

Raul Cânovas nasceu em 1945. Argentino, paisagista, escritor, professor e palestrante. Com 50 anos de experiência no mercado de paisagismo, Cânovas é um profissional experiente e competente na arte de impactar, tocar, cativar e despertar sentimentos nos mais diversos públicos - www.raulcanovas.com.br.

Posts relacionados

Compartilhe

Comente ou pergunte

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*

*

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.