Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Acalypha wilkesiana “Macrophylla”

acalifa-vermelha-de-folhas-grandes

Introduzida na Europa em 1876, faz parte de um grupo numeroso de variedades hortícolas que apresentam diferentes portes, assim como o tamanho, forma e colorido das folhas. Esta da qual trato aqui possui o tamanho maior se comparado com as outras acalifas, da mesma forma suas folhas grandes com forma de coração são mais desenvolvidas.

No paisagismo deve ser aproveitada em espaços ensolarados, já que suas folhas intensificam as tonalidades quando recebem abundante luz solar durante o dia. Tenho observado seu cultivo na meia sombra, com bons resultados, entretanto apesar das folhas conseguirem brilho e tamanho perdem a coloração característica. A indico especialmente para os jardins litorâneos, desde que irrigada com regularidade.

O sucesso de seu cultivo depende essencialmente do clima. Na Melanésia, uma região da Oceania, no extremo oeste do Oceano Pacífico e a nordeste da Austrália, onde medra espontaneamente, as temperaturas são altas e as chuvas frequentes. Se levada em conta esta particularidade seu perfil paisagístico será notável.

O cultivo é muito simples e pode ser reproduzida por estacas semi-lenhosas na primavera.

Estudos revelam a presença de compostos farmacologicamente ativos no extrato das folhas, destacando o potencial cardioprotetor da acalifa, apoiando, inclusive, sua utilização para o tratamento da diabetes. Porém isto é fato a ser estudado de modo mais apurado e não aconselho seu uso sem uma comprovação acompanhada por médicos.

  • Sinônimos estrangeiros:  jacobs coat, copperleaf, joseph’s coat, match-me-if-you-can,beefsteak plant, wilkes acalypha, chenille copper plant,  fijian fire plant, fire dragon plant, redleaf(em inglês); barbas de guasco, (em Colômbia); capa del rey, (em Guatemala); acalifa, capa de obispo, (em Porto Rico); hoja sangre, (em Equador); kalabuci damu, (em Fiji); daunnansi, (em Indonésia); haunuana, kavus, kokoai, (em Nova Guiné); pho ngoen, pho daang, bai ngoen, (em Tailândia); taitng, (em Vietnam); crista do perú,  acalifa, rabo-de-macaco, acalifa-vermelha, (em Portugal); manteau de saint-joseph, acalyphe, foulard, dragon de feu, feuillage rouge, (em Francês); Buntlaubiges kupferblatt, Stecklinge Kupfer- blatt (em Alemão); mosaikblad, (em sueco).
  • Família: Euphorbiaceae.
  • Características: arbusto.
  • Porte: 2,00 a 3,50 m.
  • Fenologia: ano todo.
  • Cor da flor: vermelhas, pequenas e discretas, penduram em cachos com 12 cm.
  • Cor da folhagem: tonalidades róseas, vermelhas e bronzeadas. (a variedade “Java-White tem tonalidades amarelas e verdes).
  • Origem: Ilhas Fiji, Ilhas Salomão, Arquipélago das Ilhas Bismarck, Java, Vanuatu.
  • Clima: tropical/ subtropical com pluviosidade frequente.(não tolera geadas e é sensível aos ventos secos).
  • Luminosidade: sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

4 Comments

  1. Minha acalypha vermelha está com folhas descoloridasecas e com aparência de ensebadas.

    • Maria das Graças,

      Isto pode indicar um sintoma de fumagina. Aparece em forma de uma camada escura e gordurosa, similar à fuligem e é causada por fungos que surgem nos excrementos de cochonilhas e pulgões.

      Lave as folhas com uma calda de sabão de coco e posteriormente pulverize a acalifa com óleo mineral a 1%.

      Abraços

  2. RAUL, GOSTARIA DE UMA MUDA DA acalifa-vermelha-de-folhas-grandes, MORO EM PORTO VELHO RONDÔNIA, QUANTO SAIRIA COM O FRETE?

    • Aldenira,

      O Jardim Cor é um blog de conteúdo. Não comercializa mudas.