Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Bactris gasipaes

pupunha, pupunheira, pirajá-pupunha, pupunha-marajá

Foto de Alex Popovkin, Bahia, Brazil from Brazil, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

As folhas desta palmeira multicaule, com tronco espinhento, mas que já é possível cultiva-lo sem espinhos, são reunidas na coroa foliar em número que pode variar entre 15 a 25 e são tenras quando novas; a inflorescência é grande e amarelada, surgindo na axila das folhas; os frutos são amarelos, alaranjados ou vermelhos e cada cacho pode ter entre 50 a 100 unidades e pesar entre 3 a 20 kg, sendo muito apreciados pelos psitacídeos, como os papagaios e as araras . Esses frutos são consumidos, com água e sal e devem ser cozidos durante 40 minutos para eliminar os cristais de oxalato de cálcio que causam irritação na pele e nas mucosas da boca, melhorando também o sabor ou na forma de farinha, que pode ser utilizada n a fabricação de pães e bolos, podendo ainda, ser um substituto para a farinha de milho convencional, na região amazônica. Também o palmito é muito apreciado, já que é considerado de qualidade superior daqueles obtidos da palmeira açaí (Euterpe oleracea) e é rico em fibras e minerais, como potássio, fósforo e cálcio, vitaminas e aminoácidos importantes. As folhas são usadas em cestaria e em cobertura de habitações.

Foto de Alex Popovkin, Bahia, Brazil, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

O nome Bactris vem do grego “bactron”, que significa bastão e isso se deve ao uso feito do caule de algumas espécies deste gênero.

Foto de Michael Hermann, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

A reprodução é feita pelas sementes, devendo ser secas à sombra por várias horas antes da semeadura, que deve ser em um substrato composto por uma mistura de solo e material orgânico. A germinação, bastante lenta, acontece entre 30-90 dias.

  • Sinônimos estrangeiros:  peach palm, pewa nut, (em inglês); chontaduro, cachipay, pejibaye, chontaruro, pijuayo, gachipaes, pupuña, pixbae, pifá, pibá, tembe, (em espanhol).
  • Família: Arecaceae.
  • Características: palmeira multicaule de folhas pinadas.
  • Porte: 7 a 20 metros de altura.
  • Fenologia: junho-julho.
  • Cor da flor: amarelada.
  • Cor da folhagem: verde claro.
  • Origem: desde Guatemala e Honduras, na América Central, até Colômbia, Venezuela, Guianas, Equador, Peru, Bolívia e Região Norte do Brasil.
  • Clima:  tropical/subtropical.
  • Luminosidade: Sol pleno a sombra moderada.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange