Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Bambusa multiplex

bambu-folha-de- samambaia, bambu-bengala, bambu-da-china

Foto de Daderot, CC0, via Wikimedia Commons

Este bambu forma touceiras e não alastra, portanto não é invasivo, sendo uma boa opção na formação de cercas, usando 4 mudas por metro linear. Tem folhas pequenas e colmos finos, suportando bem as baixas temperaturas, nas regiões do sul e sudeste, do Brasil, não ultrapassando os 3 metros em climas temperados. As podas podem ser feitas, estimulando uma maior densidade, quando se precisa de privacidade na formação de sebes, mas também pode ser cultivado em vasos.

Foto de Ping an Chang, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

No seu habitat vive em áreas montanhosas, geralmente às margens dos cursos de água.

Foto de Wibowo Djatmiko (Wie146), CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

A propagação é através dos colmos enraizados na primavera.

  • Sinônimos estrangeiros: hedge bamboo, buluh pagar, chinese dwarf bamboo, (em inglês); bambú grueso, taquara, bambú crespo, bambú enano, (em espanhol); bambou de Chine, (em francês); xiao shun zhu, (em chinês); hourai-chiku, (em japonês); mai-phai-lieng, (em tailandês); cay hop, (em Vietnã).
  • Família: Poaceae.
  • Características: bambu perene.
  • Porte: 3 a 5 metros de altura.
  • Cor da folhagem: verde claro.
  • Origem: China, Nepal, Butão, nordeste da Índia, Sri Lanka, Taiwan e Vietnã.
  • Clima: subtropical, tropical.
  • Luminosidade: sol pleno, meia sombra. Tolera o frio.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange