Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Barnebydendron riedelii

guaribu-sabão, guarabu cebola, guaribeiro, itapicuru

Foto de gailhampshire from Cradley, Malvern, U.K, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

Uma árvore com floração exuberante, muito tolerante à estiagem quando adulta, mas ainda pouco aproveitada no paisagismo apesar de sua beleza. Possui folhas compostas, alternadas, e suas flores são pequenas, dispostas em inflorescências. Cresce em solos drenados, próximos a rios e áreas alagáveis. Ela faz parte do ecossistema da floresta amazônica, fornecendo habitat e alimento para diversas espécies de animais.

Foto de gailhampshire from Cradley, Malvern, U.K, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

O nome Barnebydendron é uma homenagem ao botânico Rupert Charles Barneby, (1911 – 2000) conhecido por suas contribuições para o estudo da flora da América Latina. O epíteto específico riedelii também é uma homenagem ao botânico alemão Ludwig Riedel (1790 – 1861), diretor do Jardim do Passeio Público e, posteriormente, diretor da seção de botânica do Museu Nacional.

É reproduzida pelas sementes maduras, em local parcialmente sombreado. A taxa de germinação é inferior a 50%, com a semente brotando dentro de 40 a 60 dias.

  •  Sinônimos estrangeiros: monkey-flower tree, (em inglês); palo de rosa brasileño, (em espanhol);  bois de rose brésilien, (em francês); brasilianisches palisanderholz, (em alemão).
  • Família: Fabaceae.
  • Características: árvore decídua.
  • Porte: 15 a 30 metros de altura.
  • Fenologia: inverno.
  • Cor da flor: vermelha.
  • Cor da folha: quando maduras verde escuras e brilhantes.
  • Origem: Brasil, na Bahia, Espirito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Acre. Também na América Central e norte de América do Sul.
  • Clima: tropical/subtropical.
  • Luminosidade: sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange