Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Bauhinia forficata

Pata-de-vaca, bauínia, casco-de-vaca, miroró, mororó, mororó-de-espinho

Esta é uma bauínia pouco utilizada pelos paisagistas. Uma pena já que é nativa em quase todo o país, talvez menos nas regiões do norte e se vê destronada dos nossos jardins e da arborização urbana, onde a Bauhinia purpúrea e a Bauhinia blakeana são tão utilizadas. É vista em altitudes que vão dos 50 aos 1.000 metros, em solos de todo tipo, menos nos pantanosos ou excessivamente pedregosos e é perfeita para ser plantada em calçadas onde as ruas são estreitas, sob rede elétrica. As flores salpicam a copa, dando a impressão de papel picado e são um espetáculo contempladas a distância. As abelhas adoram e talvez também os morcegos nectarivoros-polinívoros.

  • Sinônimos estrangeiros: Pata de buey, caoba del país, falsa caoba, pata de chivo, toro pó, (na Argentina e Paraguai); pezuña de vaca, (no Uruguai).
  • Família: Leguminosae – Caesalpinioideae.
  • Características: Árvore caducifolia.
  • Porte: 4 a 10 m de altura, na mata densa alcança 20m.
  • Fenologia: De outubro a maio.
  • Cor da flor: Branca.
  • Cor da folhagem: Bilobada, verde claro.
  • Caule: Cinzenta-escura.
  • Origem: Brasil; Argentina (nordeste); Bolívia (sul); Paraguai (leste); Uruguai (oeste); Peru.
  • Clima: Subtropical/tropical.
  • Luminosidade: Sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

4 Comments

  1. Umas da mas bela bauinia .flores encantadoras será adequada para urbanização ?

    • Luiz,

      Ela é perfeita para arborizar ruas, já que as raízes não são expansivas.

      Abraços

  2. As raízes não quebram as calçadas?

    • Ivolaine,

      As raízes da Bauhinia forficata não são alastradiças. Portanto não afetam as calçadas.

      Abraços