Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Breynia disticha

Mil-cores, breinia, arbusto-de-neve, folha-de-seda

Este arbusto é notável pela coloração de sua folhagem, já seja a que tem manchas brancas como a que possui folhas pintadas de rosa e vermelho. Não é uma planta de porte volumoso, ela cresce até 1,70 com uma silhueta arredondada. Desenvolve bem em regiões com invernos não muito frios e em locais com sol matutino ou filtrado, especialmente nas regiões do sudeste  e centro-oeste, já no nordeste deve ser plantada em áreas mais sombreadas.

No paisagismo pode ser empregada sempre próxima do olhar das pessoas, isto é, em um primeiro plano, como destaque e formando grupos, para lhe dar destaque. Seu cultivo é fácil e raramente é atacada por pragas ou doenças, precisando de adubações ricas em nitrogênio e magnésio, que podem ser fornecidas com farinha de ossos e estercos curtidos.

  • Sinônimos estrangeiros: Snow Bush, hawaiian-leaf flower, sweet pea bush, calico plant, snow on the mountain, (em inglês); arbol de nieve, breina, (em espanhol); schneebusch, (em alemão); buisson des neiges, (em francês).
  • Família: Phyllanthaceae.
  • Características: Arbusto semi-herbáceo de copa globosa.
  • Porte: 1,00 a 1,70 m de altura.
  • Cor da folhagem: Verde com manchas brancas, rosas e vermelhas ou quase brancas, dependendo da variedade.
  • Origem: Indonésia, Austrália tropical, Ilhas do Pacífico, Nova Caledônia.
  • Clima: Tropical/ subtropical (não tolera geadas).
  • Luminosidade: Sol pleno e meia sombra para a variedade de folhas quase brancas.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

4 Comments

  1. Lindas!!! Realmente o senhor é um profissional muito competente, parabéns!!!

    • Ah, Luciene,

      Obrigado, você é muito gentil!

      Abraços

  2. Olá Raul, pensei que fosse encontrar facilmente na Australia para ser sincera não vi nenhuma

    • Que estranho Vivian, ela é nativa na Austrália tropical.

      Abraços