Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Cereus jamacaru

Mandacaru, cardeiro, jamacaru, mandacaru-de-boi, cumbeba, koubo, princesa-da-noite

A denominação popular de mandacaru é proveniente do tupi mãdaka’ru ou iamanaka’ru, que significa espinhos agrupados e danosos. O cacto, em forma de candelabro, tem além das flores, que atraem a abelha arapuá, morcegos e mariposas, que são seus agentes polinizadores e brilham à noite, seus frutos, com cor violeta intenso e formato elíptico, alcançando quinze centímetros de comprimento e doze centímetros de diâmetro. A polpa é branca com sementes pretinhas, que são devoradas por diversas aves da caatinga, como a gralha-cancã e o periquito-da-caatinga. Este cacto ostenta uma grossa cutícula, coberta de espinhos, que bloqueia a perda de água, pela transpiração, suportando dessa for ma longos períodos de estiagem.

Lamentavelmente os desmatamentos e as doenças são sérias ameaças para esta cactácea, que podemos chamar de obstinada, na Caatinga. A perda do mandacaru representará uma ocorrência negativa para esse bioma.

No paisagismo tem destaque nas regiões de clima seco, onde pode ser projetado pela sua silhueta escultórica, dando destaque ou como planta defensiva, em cercas. Mas cuidado, se a umidade relativamente for alta, ele pode ser afetado por doenças fúngicas, como a Antracnose.

O mandacaru foi bem lembrado por Zé Dantas e Luiz Gonzaga, no “Xote das meninas”, onde escreveram:

“Mandacaru quando fulora na seca
É o sinal que a chuva chega no sertão
Toda menina que enjoa da boneca
É sinal que o amor já chegou no coração…”

Ficha Técnica

  • Sinônimos estrangeiros:  Pleated cereus, queen of the night, (em inglês); mandacaru, (em espanhol); cactus cierge, cierge du pérou, cactée candélabre, (em francês).
  • Família: Cactaceae.
  • Características: Planta xerófita, com formato colunar.
  • Porte: 5 a 7 metros de altura.
  • Fenologia: Principalmente na primavera.
  • Cor da flor: Branca, com formato de funil, desabrochando à noite e murchando ao nascer do sol. As vezes róseas.
  • Cor da folhagem: Verde azulado.
  • Origem: Nordeste do Brasil, na Caatinga.
  • Clima: Semiárido, tropical/subtropical.
  • Luminosidade: Sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

Secured By miniOrange