Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Coccothrinax crinita

palmeira-homem-velho

Foto de Forest & Kim Starr, CC BY 3.0 US, via Wikimedia Commons

Uma palmeira de tronco único, coberto com pelos longos como fibras e crescimento lento. Suas folhas são palmadas e as flores são dioicas,  isto é, flores masculinas e femininas em plantas separadas, de cores amarelas. Suas fibras podem ser aproveitadas para travesseiros. A espécie, no momento, está seriamente ameaçada, com apenas 70 a 130 palmeiras restantes, na ilha de Cuba, onde vive em matagais xeromórficos espinhosos e matas de galeria, desde o nível do mar até cerca de 300 metros de altitude em solos pobres e bem drenados.

Foto de Judgefloro, CC0, via Wikimedia Commons

Em razão de seu reduzido tamanho pode ser pensada para jardins pequenos, onde pode ser destacada como ponto focal, igualmente pode ser cultivada em áreas litorâneas. Em Cuba as folhas eram usadas antigamente para cobrir casebres improvisados.

Foto de Mmcknight4, Public domain, via Wikimedia Commons

Reproduz-se por sementes que germinam em três ou quatro meses, mas o crescimento é bastante lento.

  •  Sinônimos estrangeirosold man palm, palm petate, (em inglês); guano barbudo, palmera-del-anciano, (em espanhol); latanier chevelu, vieux palmier d’homme (em francês); kubanische bartpalme, (em alemão).
  • Família: Arecaceae.
  • Características: palmeira de grande valor ornamental.
  • Porte: 3 a 7 m de altura.
  • Fenologia: primavera/verão.
  • Cor da flor: amarela.
  • Cor da folhagem: cor verde brilhante na parte superior e acinzentada no verso.
  • Origem: Cuba, na província de Artemisa.
  • Clima: tropical/subtropical. Suporta temperaturas abaixo de -3 ° C por um curto período de tempo.
  • Luminosidade: pleno sol.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange