Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Colocasia gigantea

inhame-gigante, taro-indiano, orelha-de-elefante

Foto de Dick Culbert from Gibsons, B.C., Canada, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

Uma planta herbácea de grande porte, com folhas muito grandes em forma de coração e peltadas, com nervuras branco acinzentadas, de margens onduladas e pecíolo robusto, carnoso e com uma tonalidade verde esbranquiçada, elas podem atingir até cerca de 1,5 metros de comprimento, sendo uma das maiores plantas herbáceas do mundo. As flores são bastante perfumadas e se manifestam no verão, sendo visitadas por mamangavas. É cultivada em várias partes do mundo devido às suas grandes folhas ornamentais e ao uso de seus rizomas comestíveis na culinária, frequentemente aproveitados em várias cozinhas asiáticas, que podem ser preparados de várias maneiras, incluindo curries, sopas, saladas e frituras. No entanto, é importante observar que pode ser tóxica se ingerida em grandes quantidades cruas devido à presença de cristais de oxalato de cálcio em seus tecidos. Assim, os rizomas geralmente são cozidos antes de serem consumidos para neutralizar esses compostos potencialmente prejudiciais.

No cultivo, a planta requer solo úmido e bem drenado, bem como uma exposição à luz solar parcial. Ela pode tolerar diferentes condições de solo, desde que seja mantido úmido. No entanto, é sensível ao frio e geralmente não tolera temperaturas abaixo de 10°C por longos períodos. A Colocasia gigantea é frequentemente cultivada como uma planta ornamental em jardins tropicais e subtropicais, devido ao seu tamanho impressionante e folhagem exuberante. Ela também é popular no paisagismo semiaquático devido à sua capacidade de crescer em áreas úmidas.

A planta tem a habilidade de absorver metais pesados do solo, como cobre, níquel, cádmio, cromo, chumbo e zinco.

Durante o período de dormência, no inverno, pode-se escavar a planta e dividir os rizomas. Cada seção deve ter pelo menos um olho ou broto. Precisam ser plantadas em solo úmido e bem drenado. Seu crescimento rápido e vigoroso.

  • Sinônimos estrangeiros: giant taro, elephant ear, (em inglês); oreja de elefante, (em espanhol); oreille d’éléphant, (em francês); riesen-elefantenohr, (em alemão); orecchio di elefante, (em italiano); dà yè yù, (em chinês);  hasu-imo, (em japonês), dọc mùng, (em Vietnã); daeyeopu, (em coreano);
  • Família: Araceae.
  • Características: herbácea perene.
  • Porte: 1,70 a 2,20 de altura.
  • Fenologia: verão.
  • Cor da flor: branca.
  • Cor da folhagem: verde clara.
  • Origem: Japão, Java, Índia, Sri Lanka, Malásia, partes da China e Sudeste asiático.
  • Clima: tropical/subtropical. Não suporta frio.
  • Luminosidade: meia-sombra.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange