Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Crinum erubescens

açucena-do-brejo, açucena-d’ água, crino-cor-de-rosa, cebola-cecém

Foto de Dave Whitinger, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

Uma planta encontrada em áreas úmidas e pantanosas, como margens de rios e pântanos. Tem folhas longas e estreitas, que geralmente são em forma de cinta com uma textura ligeiramente ondulada. As flores são grandes e vistosas, com forma de sino e muito perfumadas, com cerca de 10 cm de diâmetro, aparecendo em inflorescências altas acima da folhagem, atraindo borboletas e beija-flores.

Como muitas plantas de áreas úmidas, aprecia solos consistentemente irrigados.

O Crinum erubescens é valorizado como uma planta ornamental devido às suas flores vistosas e folhagem exuberante. É frequentemente cultivado em jardins úmidos, ao longo de cursos de água, em lagoas ornamentais e vasos grandes.

Pode ser propagado por divisão de bulbos ou a partir de sementes.

  • Sinônimos estrangeiros: azucena de pantano, (em espanhol);  swamp lily, (em inglês); crinum rouge, (em francês).
  • Família: Amaryllidaceae.
  • Características: herbácea palustre, perene e bulbosa.
  • Porte: 0,70 a 1,20 metros de altura.
  • Fenologia: verão.
  • Cor da flor: branca e vinho.
  • Cor da folhagem: verde escura.
  • Origem: sul do México, América Central até o Brasil.
  • Clima: tropical / subtropical (não tolera geadas).
  • Luminosidade: sol pleno, sombra parcial.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange