Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Ctenanthe oppenheimiana “Tricolor”

maranta-tricolor

Foto de Satirdan kahraman, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Esplêndida para crescer sob a sombra das árvores, onde forra totalmente o chão, dando um colorido luminoso, também pode ser cultivada em vasos e jardineiras, sempre em locais sombreados e úmidos. É imune às pragas e doenças, precisando apenas de uma adubação anual, no início da primavera, com 400 gramas de torta de algodão por m², para estimular o tamanho e o matizado das folhas.

Foto de Mokkie, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

Não são necessárias podas, entretanto devem ser cortadas as folhas velhas e secas.

É multiplicada facilmente pela divisão das touceiras.

Foto de 阿橋 HQ, CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons

  • Sinônimos estrangeiros: never-never plant, giant bamburanta, (em inglês); ctenante tricolore, (em italiano); maranta-variegada, cenante, (em espanhol).
  • Família: Marantaceae.
  • Características: herbácea perene.
  • Porte: 50 a 80 centímetros de altura.
  • Fenologia: início do verão.
  • Cor da flor: vermelha.
  • Cor da folhagem: verde clara, verde escura e branca, com a fase oposta vermelha.
  • Origem: Brasil, nas matas úmidas.
  • Clima: tropical/subtropical úmido.
  • Luminosidade: meia sombra.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange