Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Dichondra micranta

orelha de rato, dicondra, grama-do-japão

Foto de © Citron , CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

Esta é uma forração, muito parecida com o trevo, porém bem mais prostrada e é uma das mais indicadas para substituir a grama em locais sombreados, onde a grama-esmeralda ou a são-carlos não prosperam por falta de luz solar, isto é, sob a copas das árvores, vãos de pedras e escadarias. Ela não suporta o pisoteio constante, porem serve de para caminhar por cima dela eventualmente, sem causa-lhe danos. Também é classificada com Dichondra repens.

Foto de Harry Rose from South West Rocks, Australia, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

Esta planta é muito resistente é fácil de cultivar, livre de pragas e doenças, não precisa de podas.

Atualmente é comercializada em placas ou mantas e pode ser reproduzida muito facilmente por sementes o por plugs.

  • Sinônimos estrangeiros: mercury bay weed, tom thumb, (em inglês); centavito​, oreja de ratón, hierba de riñón, (em espanhol); dichondre rampante, gazon de Californie, herbe rénale, l’oreille de souris, l’herbe à feuilles, (em francês); dicondra, (em italiano); nierengras, mausohr, blattgras, (em alemão).
  • Família: Convolvulaceae.
  • Características: herbácea prostrada, perene.
  • Porte: 1 a 3 centímetros de altura..
  • Cor da folhagem: verde claro.
  • Origem: Austrália, Nova Zelândia, Nova Caledônia e as ilhas Maurício e Reunião.
  • Clima: subtropical, temperado, tropical.
  • Luminosidade: sombra, meia sombra, sol matutino. .

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Comments

  1. Onde encontramos essa forraçã, professor?

Secured By miniOrange