Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Dombeya wallichii

astrapéia, assônia, dombéia

Com uma aparência impar, por causa da copa larga e as folhas grandes e aveludadas, tornou-se muito popular pelo mundo afora. Seu crescimento é rápido e propicia uma sombra fantástica, já que o porte é relativamente baixo, permitindo estender uma rede e tirar uma boa soneca depois de um almoço regado generosamente com vinho. As flores pendentes, com a forma de pompom, tem fragrância delicada e permanecem no pé mesmo depois de secas. Lembro ter visto, em uma praça em Porto Alegre, em pleno verão, uma dombéia com 14 metros de diâmetro de copa. Embaixo dela a temperatura era fresca e agradável, apesar dos 38º reinantes aquele dia.

O género homenageia o naturalista francês Joseph Dombey (1742 – 1794). É bom pesquisar outras espécies do mesmo gênero, há variedades de flores brancas, outras cujas flores são eretas e muitas outras.

Sinônimos estrangeiros: Tropical hydrangea (em inglês); árbol de las hortensias, hortensia tropical (em espanhol).

  • Família: Sterculiaceae.
  • Características: arbusto ou arvoreta de copa densa.
  • Porte: 3 a 7 m, o diâmetro que pode alcançar mais de 10 metros.
  • Fenologia: Primavera.
  • Cor da flor: Cor de rosa, suavemente perfumada, atrai abelhas.
  • Cor da folhagem: verde claro. No inverno ficam levemente avermelhadas.
  • Origem: Madagascar.
  • Clima: subtropical. tolera o frio.
  • Luminosidade: Sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

4 Comments

  1. Ola, tenho uma dessa no meu quintal
    mas vou me mudar.Como faço para obter mudas dela?
    Estou preocupada ja tentei fazer do galho mas nao consegui
    Abraço fico aguardando

    • Oi Cristiane,

      Multiplica-se por alporquia ou, mais facilmente, por estaquia de ramos semi-lenhosos ou de ponteiros que enraízam no local definitivo.

      Abraços

  2. Raul, acho admirável essa planta! Abraço grande!

    • E na sua região pode ser cultivada com sucesso! Abraços