Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Elaeis guineensis

dendezeiro, palmeira-de-dendê, palma-de-guiné

Foto de Photo by CEphoto, Uwe Aranas

Acredita-se que o dendezeiro tenha chegado ao Brasil com os primeiros escravos africanos, entre 1539 e 1542. Adaptando-se ao clima tropical úmido do litoral brasileiro, sendo muito cultivada na região Sudeste da Bahia, onde prospera em solos úmidos, exposta ao sol pleno e desfrutando de temperaturas acima dos 19 º. Seu caule é simples, deixando cicatrizes ao caírem as folhas velhas e estas são pinadas, grandes, com espinhos nas margens. É polinizada quase que totalmente pelo besouro Elaeidobius kamerunicus.

Foto de Noblevmy at ml.wikipedia, CC BY 2.5, via Wikimedia Commons

O uso do óleo de palma se remonta a mais de 5.000 anos no Egito; no final de 1800, arqueólogos descobriram óleo de palma em uma tumba em Abydos, no Egito, datada de 3000 a.C. No Camboja, é cultivada como planta ornamental nos jardins públicos.

No candomblé é uma árvore sagrada chamada de Iji opé ou dendezeiro. Seu coco é usado em um dos oráculos de Ifá chamado iquim. Os seguidores do candomblé chamam suas folhas de mariuôs. O azeite de dendê extraído das suas sementes é utilizado intensamente na gastronomia baiana, sendo fundamental na preparação do acarajé.

Foto de Fonseca001, Public domain, via Wikimedia Commons

A palavra dendê é oriunda do termo quimbundo, uma língua africana falada no noroeste de Angola, que significa palmeira. E o nome do gênero deriva do grego “elaion” = óleo e a denominação desta espécie refere-se a um dos países de origem, Guiné.

É reproduzida por sementes, germinando em, aproximadamente, nove meses.

  • Sinônimos estrangeiros: oil palm, african oil palm, palm kernel oil, macaw-fat, (em inglês); palma africana de aceite, palma aceitera, (em espanhol); palmier à huile, palmier à huile d’Afrique, (em francês);  palma da olio, (em italiano); afrikanische ölpalme, ölpalme, (em alemão); aavora, palma-de-guiné, palma, dendém, (em Angola); dôô:ng préing, (em Camboja); mchikichi, miwesi, mjen- ga, (em swahili).
  • Família: Arecaceae.
  • Porte: de 12 a 18 metros de altura.
  • Fenologia: atemporal.
  • Cor da flor: amarelada, com frutos avermelhados, pretos quando maduros.
  • Cor da folhagem: verde.
  • Origem: África, desde o Senegal até Angola.
  • Clima: tropical / subtropical.
  • Luminosidade: sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange