Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Encephalartos ferox

sagu-de-espinho

Foto de Krzysztof Ziarnek, Kenraiz, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Encontrado à sombra, nas margens da mata e em áreas arborizadas onde ocorre em grande número, por vezes a uma distancia de 50 metros da praia.

São frequentemente chamados de “fósseis vivos” porque parecem ter mudado pouco desde o período Carbonífero, acontecido 50 a 60 milhões de anos. As plantas dessa família são frequentemente confundidas com palmeiras e samambaias por causa de uma semelhança superficial, no entanto, estas cicadáceas não têm nenhuma relação. Na verdade, a palavra “cycad” é derivada da palavra grega cyckos que significa “semelhante a uma palmeira”.

Foto de brewbooks, CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons

Esta planta cresce lentamente, o que significa que pode levar muitos anos para atingir seu tamanho máximo. É uma característica comum entre as cicadáceas, o que as torna plantas valiosas para colecionadores, já que podem viver por muitos anos.

Foto de C T Johansson, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Seu nome Encephalartos deriva do grego en que significa dentro; kephali significa cabeça e artos significa pão; ferox vem do latim para feroz em referência aos folhetos rígidos e espinhosos.

Esta espécie pode ser propagada a partir de sementes ou pela remoção de ramos ou rebentos.

  • Sinônimos estrangeiros: maputaland cycad, zululand cycad, tongaland cycad, (em inglês); cycas du cap oriental, (em francês);  cica feroce, (em italiano); cica de Natal, cica feroz, (em espanhol);  Natal-palmfarne, (em alemão); broodboom, kafferbroodboom, tongaland, (em africâner).
  • Família: Zamiaceae.
  • Características: arbusto semi-lenhoso, acaule.
  • Porte: 1,50 a 2,50 metros de altura.
  • Fenologia: outono, inverno, surgindo após cinco a dez anos de vida da planta.
  • Cor da flor: cone alaranjado nas plantas masculinas, já nas fêmeas são mais arredondados e vermelhos.
  • Cor da folhagem: verde escuro, os brotos e folhas novas tem tons marrom acobreado.
  • Origem: leste de África do Sul, Moçambique.
  • Clima: tropical/subtropical, não tolera geadas.
  • Luminosidade: meia-sombra, sol matutino.

 

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange