Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Ginkgo biloba

Ginco, nogueira-do-japão, árvore-avenca

Uma árvore caducifólia com mais de duzentos e setenta milhões de anos de presença no nosso planeta, um verdadeiro fóssil vivo! Ela encanta por causa de suas folhas verdes claras, em forma de leque, que se tornam douradas no outono, antes da queda no inverno. Prefere solos profundos e levemente alcalinos, onde finca suas raízes compridas, crescendo lentamente, sendo uma espécie dioica representada por exemplares masculinos com copa cônica e femininos com fronde mais larga e ramos estendidos. Os exemplares masculinos são os usados no paisagismo, já os femininos têm frutos que desprendem um cheiro de manteiga bolorenta e não aconselho seu aproveitamento. Para reconhecer a diferença, basta observar os femininos que possuem ramos horizontais em relação ao tronco e folhas bem recortadas. No paisagismo combinam bem com azaleias e camélias, tendo uma vida longa, com alguns espécimes de mais de 2.500 anos.

Foi pormenorizada há muito tempo pelo médico alemão Engelbert Kaempfer, isto por volta de 1690, em seu livro Amoenitatum Exoticarum, porém apenas chamou a atenção depois da Segunda Guerra Mundial, quando constataram que árvores, embora inicialmente carbonizadas, tinham sobrevivido à explosão atômica em Hiroshima, surgindo quase por milagre na cidade arrasada, a uma distância de um quilometro da detonação. A palavra ginkgo procede do chinês, “damasco prateado” e  biloba vem da forma bilobado das folhas. É utilizada na medicina tradicional e como fonte de alimento.

  • Sinônimos estrangeiros: maidenhair tree, ginkgo, gingko, (em inglês); árbol de los cuarenta escudos, nogal del Japón, (em espanhol); l’arbre aux quarante écus, l’abricotier d’argent, (em francês); ginko, ginco, albero di capelvenere, (em italiano).
  • Família: Ginkgoaceae.
  • Características: árvore caducifólia.
  • Porte: 20 a 35 metros de altura, podendo ultrapassar 50 metros nos bosques da província de Zhejiang, na China. Um exemplar na Coréia tem uma altura de 64 metros.
  • Cor da folhagem: Verde claro e dourado no outono.
  • Origem: China.
  • Clima: Temperado.
  • Luminosidade: sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

2 Comments

  1. Que incrível a origem dessa árvore. Amei!!

    • Ah, que bom que gostou, Ivolaine!

      Abraços