Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Lantana sellowiana

lantana-pendente-branca, lantana-chorão, lantana-rasteira, lantana-montevidéu, cambará-rasteiro

Foto de Forest & Kim Starr, CC BY 3.0, via Wikimedia Commons

Uma planta ideal para ser cultivada em jardineiras, por causa de ter ramos pendentes, mas pode ser aproveitada em jardins verticais, maciços, bordaduras ou como controle de erosão em áreas inclinadas, onde cobre totalmente o solo. Suas folhas são rugosas com bordas dentadas e a florada, muito perfumada é profusa e atrativa para as borboletas e beija-flores. Também classificada como Lantana montevidensis, esta planta é rustica, suportando bem longas estiagens.

Foto de Forest & Kim Starr, CC BY 3.0 US, via Wikimedia Commons

Foto de MathewTownsend, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

É multiplicada por estacas na primavera.

  • Sinônimos estrangeiros: trailing lantana, weeping lantana, creeping lantana, small lantana, purple lantana, trailing shrubverbena, (em inglês); lantana-colgante, lantana rastrera, (em espanhol); lantana bianca, (em italiano); lantanier de sellow, lantanier rampant, (em francês).
  • Família: Verbenaceae
  • Características: semi-herbácea, perene.
  • Porte: 30 a 50 centímetros de altura.
  • Fenologia: ano todo, principalmente na primavera/verão.
  • Cor da flor: arroxeada, amarela ou branca.
  • Cor da folhagem: verde-fosco com folhas ásperas.
  • Origem: região sul do Brasil, Bolívia, Uruguai, Paraguai e Argentina.
  • Clima: subtropical/temperado.
  • Luminosidade: sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 Comments

  1. Onde encontro mudas dela pra venda em São Paulo?

Secured By miniOrange