Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Leucophyllum frutescens

folha-de-prata, sálvia-do-texas, chuva-de-prata

Um arbusto extremamente resistente. Na região onde cresce espontaneamente suporta -7°C no inverno e até 38°C no verão, característica comum nas plantas com folhas acinzentadas que precisam de estações marcantes, como as do Deserto de Chihuahua, um dos biomas em que habita. Apesar disso se tornou comum no paisagismo da Flórida, um território com invernos menos frios e umidade alta.

O solo onde será cultivada pode ser de pH elevado, inclusive alcalino, mas deve ser bem drenado, arenoso, podendo ser aproveitada em vasos com forrações que contrastem em tonalidades, em cercas-vivas, especialmente aquelas que sofrem com ventos fortes, tanto em áreas de planalto como próximas do mar. O calor permanente em regiões tropicais favorecem o aparecimento de oídio, cochonilhas, e podridão da raíz; por tanto não a recomendo para o Norte do Brasil.

Podas em agosto estimulam o crescimento compacto e vigoroso, além de promover uma floração maior.

  • Sinônimo estrangeiros: purple sage, texas ranger, silverleaf, white sage, ash bush, sensia (em inglês); cenizo (em espanhol);
  • Família: Scrophulariaceae;
  • Características: arbusto;
  • Porte: 1,50m de altura e 1,00 m de diâmetro de copa;
  • Fenologia: verão;
  • Cor da flor: azul, rósea;
  • Cor da folhagem: cinza;
  • Origem: Sul dos Estados Unidos, nos Estados de Texas e Novo México e em Chihuahua, México;
  • Clima: temperado/subtropical;
  • Luminosidade: sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

18 Comments

  1. Olá Raul!
    Tenho uma chuva de prata pequena na minha varanda e de uns meses pra cá apareceram umas manjas pretas nas foljas e caule nas pontas da planta. Sabe me orientar em como cuidar disso?

    • Olá Fabio,

      Essas manchas pretas podem ser uma manifestação de fungos. Faça pulverizações mensais, com Forth Cobre nos finais de tarde.

      Abraços

  2. Olá
    Eu vi esse arbusto numa viagem que fiz e peguei apenas galhos bem pequenos da planta. Gostaria de plantar , mas não sei como fazer muda. Qual a forma que devo proceder

    • Olá Sthefanny,

      Para fazer mudas do Leucophyllum frutescens deve cortar estacas de ponteiro, que são obtidas da porção terminal dos ramos, com mais ou menos 12 centímetros de comprimento.

      Depois são enterradas deixando 2/3 para fora, em um substrato arenoso e em local sombreado, até enraizar.

      Abraços

  3. Tenho uma em casa mas ela não é tão cheia quando as da foto, tem poucos galhos muito espaçados. Apesar disso floresce muito. Como faço pra encher mais a planta?

    • Naira,

      Faça uma poda, cortando aproximadamente 10 centímetros de cada ramo e adube-a com o fertilizante Forth Jardim.

      Ela irá ficar mais compacta.

      Abraços

  4. Olá! Tenho algumas delas em casa, uma em especial apresenta um tipo de pó branco nas folha com tipo um óleo em seguida ficando com um aspecto escuro e murcha. O que devo fazer?

    • Olá Higo,

      Este sintoma indica oídio. Com temperaturas suaves e umidade alta, esse fungo aparece em ambas as faces da folha, revestindo-a com uma poeira cinzenta. Ataca principalmente as brotações que recebem menos sol e quando há deficiência de zinco. Neste caso deve-se aplicar 50 g de óxido de zinco por m². Pulverize, também, três vezes, semanalmente, com uma solução feita com 10% de leite azedo e 90% de água pura.

      Abraços

  5. As minhas estavam lindas mas do dia para noite as folhas secaram e começaram a cair. O que aconteceu? Fiz uma poda radical mas não sei como proceder.

    • Adriane,

      Acho que se trata de podridão radicular, uma doença fúngica que ocasiona esse sintoma. Os fungos surgem em solos muito argilosos e portanto compactos, mal drenados.

      Proceda da seguinte maneira:

      – Melhore a drenagem do solo adicionando areia e carvão bem picadinho;
      – Diminua drasticamente as regas;
      – Adicione ao solo 300 g de calcário dolomítico misturado
      com 30 g de sulfato de potássio, revolvendo até uma profundidade de 10 cm;
      – Regue com extrato de casca barbatimão a 5%
      – Pulverize a planta com Ecotrich, um fungicida formulado a base do fungo Trichoderma.

      Acredito que isto devolverá uma boa silhueta a seu Leucophyllum frutescens.

      Abraços

  6. Como são as raízes?

    • Jule,

      As raízes são fibrosas e fasciculadas. Não são invasivas.

      Abraços

  7. Gostaria de saber se voce vende mudas de:
    Folha-de-prata, sálvia-do-texas, chuva-de-prata
    Se vende, qual o valor por mudas e qual o minimo de midas?
    Velor do frete para o CEP 36301 026
    Obrigada!

    • Olá Maria Monica,

      O Jardim Cor não comercializa plantas.

      Abraços

  8. Necessito fazer uma sebe, ou uma formação alongada de uns 15 metros numa altura de uns 0,80 a 100 centímetros, aproximadamente,com uma largura de 1 metro .Mas, esta sebe, será encostada ao muro da minha casa e encontrei esta planta interessante, face florir em tons de azul violeta, o que fará um ótimo contraste com as ixóras amarelas e salmão que tenho.Estes arbustos florescem o ano todo ou tem estação específica para florir.?.Grato.

    • Olá Marco Aurélio,

      No texto acima apontei a fenologia dela, dizendo que era no verão. Entretanto é um arbusto lindo independente da florada.

      Além dela pode plantar:

      – Allamanda polyantha – alamanda-erecta;
      – Ervatamia coronaria – jasmim-café;
      – Breynia nivosa – mil-cores;
      – Tibouchina moricandiana – quaresmeira-arbustiva (FOTO).

      Abraços

  9. Olá como faço para adquiri uma muda ou semente tem algum sit que vende?