Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Lupinus hybridus

lupino, tremoceiro-de-jardim, tremoço-de-jardim, tremoço-ornamental

Foto de Krzysztof Ziarnek, Kenraiz, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

As flores são dispostas em inflorescências verticais e densas, criando um visual impressionante no jardim e as folhas são palmadas, o que significa que elas têm uma forma semelhante à de uma mão com dedos abertos. Cada folha é composta por 9 a 15 folíolos, com a superfície superior glabra, enquanto a inferior é tomentosa. Suas sementes amarelas, ricas em proteínas e vitaminas, são utilizadas na fabricação de iogurte e consumidas em conserva como petisco especialmente em Portugal, assim como em outros países de língua portuguesa, mas devem ser preparadas adequadamente devido à presença de alcaloides tóxicos, como a lupanina, A planta que é usada como adubo verde, fixando nitrogênio no solo, prefere climas frios e úmidos, tolerando geadas leves. Eles não se dão bem em climas muito quentes, sendo indicada para o su l do Brasil e as regiões montanhosas do sudeste.

Foto de Laval University , CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

O principal uso do lupino é como planta ornamental, agregando beleza e vivacidade aos jardins, canteiros, bordas e composições diversas, suas flores são muito apreciadas também para corte, durando bastante tempo em vasos. Com cuidados adequados, o lupino florescerá lindamente por vários anos, proporcionando um espetáculo de cores e atraindo polinizadores como as abelhas, já que o pólen é rico em proteínas, o que o torna um alimento importante para elas, também diversas espécies de borboletas e besouros-florícolas e besouros-de-couro, são encontrados nas flores, eles se alimentam do néctar e pólen, e podem contribuir para a polinização da planta. É interessante remover as flores murchas, isso incentivará a rebrota, prolongando o período de floração.

Foto de Salicyna, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Os lupinos podem ser suscetíveis a algumas pragas como pulgões e doenças como o míldio. A rotação de culturas e a manutenção de boa circulação de ar podem ajudar a prevenir esses problemas.

A forma mais comum de propagação é através de sementes. As sementes podem ser semeadas diretamente no local definitivo ou em bandejas de mudas. A germinação pode ser melhorada se as sementes forem escarificadas antes do plantio.

  • Sinônimos estrangeiros:  lupin, lupine, garden lupine, (em inglês); altramuz, lupino, (em espanhol); lupin des jardins, petit lupin, (em francês); wolfsbohne, garten-lupine, (em alemão); lupino ibrido, lupino comune, (em italiano).
  • Família: Fabaceae.
  • Características: planta herbácea anual, exigindo replantio a cada ano.
  • Porte: 70 centímetros a 1,20 metros de altura.
  • Fenologia: primavera, verão.
  • Cor da flor: róseas, azuis, brancas, roxas, vermelhas, amarelas e bicolores.
  • Cor da folhagem: verde acinzentado.
  • Origem: América do Norte, desde o Canadá até o México.
  • Clima: temperado e subtropical serrano.
  • Luminosidade: sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange