Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Monstera deliciosa

costela-de-adão, abacaxi-do-reino, banana-do-mato

É uma epífita com raízes aéreas, capaz de crescer até 20 m de altura com folhas grandes, coriáceas, lustrosas e perfuradas. Flores aromáticas, branco-creme, com espata verde, e bagas amarelo-claras.

Seu fruto é comestível e muito saboroso, lembrando uma mistura de banana com abacaxi, daí seu nome científico, Monstera deliciosa. A princesa Isabel, filha do Imperador D. Pedro II do Brasil, considerava esse fruto extremamente saboroso. As raízes aéreas são utilizadas como cordas no Peru e para fazer cestas no México.

No paisagismo é usada em jardins internos e em pátios, entretanto possui um efeito encantador quando plantada junto às árvores onde pode trepar, vestindo os troncos.  Em muros os reveste propiciando uma perspectiva profunda, criando a ilusão de profundidade.

  • Sinônimos estrangeiros: fruit salad plant, fruit salad tree, split leaf philodendron, monster fruit, monstereo, mexican breadfruit, locust and wild honey, windowleaf, balazo, penglai banana, (em inglês); costilla de adán, cerimán, ( em espanhol); plante gruyère) (em francês); zampa di leone, (em italiano).
  • Família: Araceae.
  • Características: trepadeira.
  • Porte: ramos com cerca de 8 m de comprimento.
  • Cor da flor: branca.
  • Cor da folhagem: verde-escuro.
  • Origem: México, Panamá, Costa Rica e Guatemala.
  • Clima: Subtropical/tropical.
  • Luminosidade: Meia sombra.

Raul Cânovas nasceu em 1945. Argentino, paisagista, escritor, professor e palestrante. Com 50 anos de experiência no mercado de paisagismo, Cânovas é um profissional experiente e competente na arte de impactar, tocar, cativar e despertar sentimentos nos mais diversos públicos.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.