Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Montrichardia linifera

aninga-açu, linga, ininga, imbé

Foto de Chris Krambeck, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

Sua silhueta é muito original e propicia para os espelhos d’água onde fixa suas raízes na lama, sempre em regiões com temperaturas altas. Ela cresce naturalmente formando grandes populações às margens dos rios e igarapés, sendo de extrema utilidade na retenção de sedimentos e contenção da erosão marginal. Seu caule e reto e acinzentado, não se ramifica, às vezes apresenta espinhos e cicatrizes evidentes deixadas pelas folhas coriáceas que caem. Suas grandes sementes globosas flutuam até a costa para germinar. Os frutos servem de alimento para tartarugas, capivaras, búfalos e peixes, como peixe-boi. O aningal cria condições de sombra e colabora para a sobrevivência de outra s árvores, além de despoluir as águas, absorvendo poluentes e afugentar o mosquito da malária e  da dengue.

Seus caules tem um alto poder de flutuação e por esse motivo são usados na construção de jangadas há séculos. Em São Paulo e também em outros estados a aninga é uma espécie ameaçada de extinção. As principais ameaças à espécie são a destruição do habitat, a poluição e a coleta excessiva.

Foto de Dick Culbert from Gibsons, B.C., Canada, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

O rizoma é um tipo de caule subterrâneo que cresce horizontalmente, formando novos brotos. Esses brotos podem se separar do rizoma original e formar novas plantas.

  • Sinônimos estrangeiros: water lily, water canna, water arum, (em inglês); arracacho, chupaya, tegüe, achira blanca, achira de agua, (em espanhol); wasserkalla, wasserlilie, (em alemão); aninga, aningua, (em francês).
  • Família: Araceae.
  • Características: arbusto aquático semi-herbáceo.
  • Porte: 1 a 5 metros de altura.
  • Fenologia:  primavera, verão, outono.
  • Cor da flor: branca.
  • Cor da folhagem: verde escura.
  • Origem: América Central, Caribe, América do Sul e no Brasil, no Amazonas e todo o norte e nordeste do Brasil, alcançando a região norte do sudeste.
  • Clima: tropical/subtropical (não suporta temperaturas baixas).
  • Luminosidade: Sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange