Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Mussaenda erythrophylla

mussaenda-vermelha

Um arbusto introduzido no Brasil na década de 1980, inicialmente tido como frágil e suscetível ao frio e aos ventos é atualmente uma boa opção para espaços ensolarados, com solos úmidos, que requeiram pouca manutenção, já que foi se adaptando muito bem por aqui. Seu nome erythrophylla origina-se do grego erythros = vermelho e phyllon = folha.

Muito chamativa graças às sépalas vermelhas, que tem como função atrair polinizadores, é uma boa opção especialmente quando combinada com outras mussaendas, como a M. frondosa a M. phiippica a M. alicia e a M. erythrophylla “Queen Sirikit”. As podas anuais garantem uma silueta mais compacta.

Nos países africanos, onde cresce espontaneamente, suas raízes são aproveitadas como um estimulante para o apetite e é comum o hábito de mastigá-las antes das refeições.

Multiplica-se por estacas cortadas na primavera que devem ser enraizadas em estufas ou locais úmidos, protegidos do sol e dos ventos.

  • Sinônimos estrangeiros: ashanti blood, red flag bush, tropical dogwood, prophet’s tears, virgin tree, (em inglês); musaenda roja, bandera roja, flor de trapo (em espanhol); cantou des achanti (em francês); rotblãttrige mussaenda, signalstrauch, (em alemão).
  • Família: Rubiaceae.
  • Características: Arbusto semi-lenhoso.
  • Porte: 2,50 a 4,00m. (pode alcançar 10,00 m na mata original), com um diâmetro de 2,00 a 3,00 m
  • Fenologia: Primavera/verão, entre os meses de novembro e maio.
  • Cor da flor: flores brancas com centros vermelhos e grandes sépalas vermelhas.
  • Cor da folhagem: verde-médio.
  • Origem: África: Angola, Burundi, Camarões, Gabão, Gana, Guiné, Quênia, Libéria, Nigéria, República Centro-Africana, Serra Leona, Sudão, Tanzânia, Togo, Uganda e Zaire.
  • Clima: Tropical/subtropical.
  • Luminosidade: sol pleno.

Raul Cânovas nasceu em 1945. Argentino, paisagista, escritor, professor e palestrante. Com 50 anos de experiência no mercado de paisagismo, Cânovas é um profissional experiente e competente na arte de impactar, tocar, cativar e despertar sentimentos nos mais diversos públicos.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

3 Comments

  1. Bom dia Raul , como faço adubaçao em mussaenda vermwlha ?

    • Bom dia Max,

      Para a Mussaenda lhe recomendo a torta de algodão e a farinha de ossos, tomando cuidado com a dosagem.

      Abraços

  2. Aprendo muito lendo
    sobre plantas no seu blog
    Obrigada
    Um abraço