Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Andira fraxinifolia Benth

angelim doce, angelim rosa, angelim-mirim e angelim-pedra

Nativa do Brasil muito pouco utilizada nos projetos paisagísticos e de arborização, talvez pelo desconhecimento da maioria dos profissionais ou até mesmo pela escassez de mudas disponíveis no mercado.

Está presente principalmente nos biomas da mata atlântica e cerrado, mas há relatos de sua presença também na caatinga. Apresenta grande potencial paisagístico devido as suas características:

  • Bela floração de cor rosa, que ocorre mais de uma vez ao ano, mas com mais intensidade na primavera (novembro-dezembro);
  • Brotações novas avermelhadas que ocorrem de forma uniforme em toda copa, proporcionando um grande efeito visual;
  • Arquitetura da planta, sua copa compacta e levemente arredondada;
  • Tronco reto e rugoso, podendo ser usado para fixação de orquídeas;
  • Folhagem perenifólia, para regiões muito quentes carentes de sombra.

IMG_0944

Apresenta boa rusticidade, seu desenvolvimento no campo é moderado, mas quando plantada em locais com boa disponibilidade de umidade se desenvolve bem mais rápido, mas não tolera o excesso de umidade. Seus frutos são consumidos por pequenos animais de nossa fauna que ajudam na dispersão das sementes na natureza.

O Angelim doce é uma espécie que não pode faltar em coleções botânicas, ou mesmo em projetos onde se priorizam a diversidade e que buscam fugir do convencional. É uma árvore que muda conforme o tempo passa e que te surpreende sempre com suas mudanças se tornando a joia do seu jardim.

  • Nomes populares: angelim doce, angelim rosa, angelim-mirim e angelim-pedra
  • Família: Leguminosae-papilionoideae
  • Características: árvore ornamental.
  • Porte: 6 a 12 metros
  • Fenologia: setembro, outubro.
  • Cor da flor: rosa.
  • Cor da folhagem: verde e com brotações novas avermelhadas
  • Origem: Brasil.
  • Clima: tropical
  • Luminosidade: sol pleno ou meia sombra na fase jovem da planta.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

6 Comments

  1. Aqui tem uma árvore que é angelim morcego, como se faz uma muda? obrigado

    • Elseni,

      O angelim-morcego é a Andira anthelmia, um pouco maior do que a Andira fraxinifolia. Também chamada de angelim-amargo, angelim-macho, angelim-pedra, andiraíba, nagelim, angelim-de-folha-grande e pau-de-morcego, ela se reproduz através de sementes.

      Abraços

  2. OLa. poderia me informar qual é especie que fica baixa e qual a especie que fica alta? do angelim/Andira

    • Olá Roberto,

      A Andira fraxinifolia alcança uma altura que varia entre 6 a 12 metros.
      Isto depende da região onde é cultivado, assim como outros fatores: insolação, tipo de solo, etc.

      Abraços

  3. Bela árvore! Tenho procurado por mudas dessas nativas belas, úteis, e pouco conhecidas… Faço algumas mudas também e agradeço se puderem indicar viveiristas….. Uma outra andira interessante e’ a Andira Anthelmia (Angelim de Morcego ou Guaracuí ou Gracui) alguém teria mudas ou sementes para vender? (nativas em geral).