Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Hydriastele kasesa

palmeira-laca-preta, laca-negra

Formando touceiras ou com uma única haste, a laca-preta possui rara beleza e é ideal para vasos e jardins internos, produzindo excelentes resultados estéticos. Pouco utilizada ainda no paisagismo, vem crescendo a sua aceitação em residências e shoppings, segundo me informou Adelaide Santos, do sítio Raízes, na Ilha de Guaratiba, no Rio de Janeiro. Quando a vi por primeira vez em uma área sombreada onde ela a cultiva. O crescimento é lento, alcançando, no máximo, três a quatro metros de altura no Brasil.

Excepcionalmente (já que não acostumamos incluir qualquer tipo de propaganda nesta seção) deixo o telefone desta produtora de plantas pouco comuns, por se tratar de uma raridade pouco cultivada no nosso país: (21) 2410-2020.

Foto de Adelaide Santos

Foto de Adelaide Santos

  • Sinônimos estrangeiros: black lacquer palm (em inglês); palm laque noire (em francês), palmera laca negra (em espanhol).
  • Família: Arecaceae / Palmae.
  • Características: palmeira.
  • Porte: 4,00 a 8:00 m.
  • Fenologia: atemporal.
  • Cor da flor: inexpressiva e frutos vermelhos brilhantes.
  • Cor da folhagem: verde médio com palmitos roxos escuros.
  • Origem: Arquipélago de Bismarck, Papua – Nova Guiné.
  • Clima: Tropical úmido.
  • Luminosidade: Sombra ou semi-sombra.

 

Raul Cânovas nasceu em 1945. Argentino, paisagista, escritor, professor e palestrante. Com 50 anos de experiência no mercado de paisagismo, Cânovas é um profissional experiente e competente na arte de impactar, tocar, cativar e despertar sentimentos nos mais diversos públicos.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.