Por que as Palmeiras não tombam?

fev 1, 2017 por

Bem, às vezes até tombam, mas é um fato raro ver uma palmeira ou coqueiro derrubado pelo vento

Segundo informe elaborado pelo Centro de Investigaciones Científicas y Tecnológicas de Extremadura (Cicytex), da Espanha, as tamareiras (Phoenix dactylifera) são capazes de suportar ventos de 135 km por hora, velocidade média de um furacão de categoria 1 conforme escala Saffir-Simpson. Para efeitos de comparação, uma tempestade intensa arranca árvores quando as velocidades oscilam entre 78 e 90 km por hora. Isto se deve a elasticidade que a Família Arecaceae possui, além da coroa foliar que, mesmo densa, é composta por folhas pinadas (com formato de penas) permitindo a passagem dos ventos sem oferecer resistência, como é o caso da maioria das árvores que, com as copas encharcadas pelas chuvas, acabam por sentir um sobrepeso maior. Essa espécie, do gênero Phoenix, alcança 80 metros de altura e pode viver no ambiente urbano mais de 200 anos.

palmeira-princesa (Dictyosperma album)

palmeira-princesa (Dictyosperma album)

Uma outra, a palmeira-princesa (Dictyosperma album), é ainda mais destemida, aturando os ciclones tropicais que varrem o Caribe e as Ilhas Maurício, onde a temperatura atinge 50°C no verão, com uma velocidade que chega aos 250 km por hora. Esta palmeira se adaptou de tal maneira que deixa cair suas folhas quando experimenta ventos muito fortes e no instante em que a tempestade se intensifica, encontra um tronco solitário que balança sem ser derrubado nem ferido. Passado esse furacão ela solta novas folhas, que a coroam alegremente.

Coisas da natureza…

Raul Cânovas nasceu em 1945. Argentino, paisagista, escritor, professor e palestrante. Com 50 anos de experiência no mercado de paisagismo, Cânovas é um profissional experiente e competente na arte de impactar, tocar, cativar e despertar sentimentos nos mais diversos públicos.

Posts relacionados

Compartilhe

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.