Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Por que as Palmeiras não tombam?

Bem, às vezes até tombam, mas é um fato raro ver uma palmeira ou coqueiro derrubado pelo vento.

Segundo informe elaborado pelo Centro de Investigaciones Científicas y Tecnológicas de Extremadura (Cicytex), da Espanha, as tamareiras (Phoenix dactylifera) são capazes de suportar ventos de 135 km por hora, velocidade média de um furacão de categoria 1 conforme escala Saffir-Simpson. Para efeitos de comparação, uma tempestade intensa arranca árvores quando as velocidades oscilam entre 78 e 90 km por hora. Isto se deve a elasticidade que a Família Arecaceae possui, além da coroa foliar que, mesmo densa, é composta por folhas pinadas (com formato de penas) permitindo a passagem dos ventos sem oferecer resistência, como é o caso da maioria das árvores que, com as copas encharcadas pelas chuvas, acabam por sentir um sobrepeso maior. Essa espécie, do gênero Phoenix, alcança 80 metros de altura e pode viver no ambiente urbano mais de 200 anos.

palmeira-princesa (Dictyosperma album)

palmeira-princesa (Dictyosperma album)

Uma outra, a palmeira-princesa (Dictyosperma album), é ainda mais destemida, aturando os ciclones tropicais que varrem o Caribe e as Ilhas Maurício, onde a temperatura atinge 50°C no verão, com uma velocidade que chega aos 250 km por hora. Esta palmeira se adaptou de tal maneira que deixa cair suas folhas quando experimenta ventos muito fortes e no instante em que a tempestade se intensifica, encontra um tronco solitário que balança sem ser derrubado nem ferido. Passado esse furacão ela solta novas folhas, que a coroam alegremente.

Coisas da natureza…

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

106 Comments

  1. Olá, Raul! Palmeiras imperiais são bom apoio para orquídeas epífitas?
    Obrigada por sua atenção!

    • Olá Helena,

      Não, o tronco da palmeira imperial é muito liso para as orquídeas desenvolverem.

      Abraços

  2. Bom dia!!!
    Eu tenho uma palmeira leque da china, mas ela está estourando o piso do quintal, e temos um poço artesiano bem próximo. Qual a chance dela chegar até o poço? ela está a uns 3m do poço.

    • Bom dia Raquel,

      A palmeira-leque-da-china (Livistona chinensis) tem raízes curtas, portanto uma distancia de 3 metros é muito grande para que elas alcancem o poço.

      Faça uma adubação em profundidade para que o sistema radicular dela se aprofunde. O esterco de frango e a farinha de ossos são indicados para essa função.

      Abraços

  3. Tenho uma palmeira imperial na minha propriedade que apresenta um enorme buraco em seu tronco, conforme visto em foto anexa e que havia sido preenchido anteriormente com concreto e saiu recentemente.
    Como devo proceder para evitar sua queda? Há risco dela cair?
    Obrigado.

    • Antônio,

      Esse tronco com cavidade pode ser tratado fazendo-se inicialmente uma raspagem para remover o tecido apodrecido até encontrar o tecido sadio; a seguir é necessário fazer um tratamento profilático com pasta bordalesa, depois introduzir cavilhas de metal entrelaçadas que irão formar o núcleo de sustentação. Limpo e desinfetado, o buraco deve ser preenchido com cimento e, por último, para selar as bordas da casca, aplique mastique, cuja receita é a seguinte:

      200 g de cera de abelha
      60 g de breu
      30 g de sebo de vaca
      Derreta os ingredientes em fogo brando, misturando com uma espátula de madeira.

      Não vejo motivo de preocupação, a palmeira não tem perigo de cair.

      Abraços

      • Obrigado pela resposta.

        • Você merece, Antônio!

          Abraços

  4. Olá! Moro num edifício em Brasília que tem palmeiras imperiais no jardim. Um vizinho insiste que elas devem ser sacrificadas pois colocariam a estrutura do prédio em risco, caso tombem, devido à profundidade das raízes. Isso procede?

    • Olá Helena,

      De forma alguma! Mas se elas estão plantadas em cima de laje, deve se contemplar se isto foi calculado, por causa do peso delas. Outro fator é a profundidade do solo, este deve ter um mínimo de 80 centímetros para que as palmeiras possam desenvolver. Entretanto se estiverem plantadas diretamente na terra não há nenhum problema de tombamento.

      Abraços

  5. Também quero parabenizá-lo pela gentileza de responder as nossas perguntas com respostas tão valiosas. Gratidão Raul.

  6. Olá Raul. Comprei 4 mudas de palmeira imperial e quero plantar nas pontas da minha casa ( similar a posição dos minaretes do Tajmahal). Entretanto tinha receio de tombarem no futuro. Pelo que vi essa é uma pergunta constante aqui no seu blog. Vi todas as suas respostas e fiquei mais tranquila. Qual a distância que vc me aconselharia plantá-las?

    • Olá Maria,

      Muito obrigado pelo carinho e pelos elogios!

      A distancia ideal é a de 4 metros, para que elas tenham, entre elas, suas pontas das folhas em contato.

      Abraços

  7. Estimado Raul moro em Brasilia Águas Claras no meu condomínio tenho 05 palmeiras imperiais com 15 anos de plantadas, estão com aproximadamente 12 metros de altura algumas estão bastante finas na base tem perigo de cair com os ventos? o senhor conhece alguém que poderia fazer uma vistoria para saber se há riscos de caírem.

    Atenciosamente,

    Jose Vilmar

    • Bom dia José,

      Acho que isto não é um motivo de preocupação. Mas, em todo caso, pode consultar a professora Simone Ribeiro, da Escola de Paisagismo de Brasília, telefone: 61 3541 2156.

      Abraços

  8. Plantei um pé de coco no quintal da minha casa próximo ao muro e lajotei o quintal. Ele está mto alto com uns 10m está quebrando toda a lajota e ficando c as raízes expostas. Tem perigo de tombar? Posso fazer algum proteção ao redor dele?

    • Léa,

      É normal que as raízes do coqueiro (Cocos nucifera), aflorem no solo, isto não está associado a qualquer perigo de queda. Não precisa fazer nenhuma proteção.

      Abraços

  9. Bom dia, acabei de cortar 3 pés de coqueiro no meu quintal,e deixei os troncos em pé. Gostaria de saber se posso usá-los como coluna para uma cobertura? Pois tenho medo que apodreçam e perca todo meu trabalho,e alguém se ferir ao vim tombar

    • Bom dia José Fernando,

      Seguramente irão apodrecer com o tempo, talvez possa aproveitar apenas os troncos, retirando-os da terra e eliminando as raízes. Desse modo poderão servir de suporte para essa cobertura. É necessário que faça um tratamento neles para que não se deteriorem.

      Abraços

  10. BOA TARDE,
    TENHO ALGUMAS PALMEIRAS IMPERIAL NO MEU QUINTAL, QUE PLANTEI A 15 ANOS, MINHA VIZINHA ESTA ASSUSTADA PORQUE TIVEMOS DIAS DE MUITO VENTO, E PEDIU PARA CONTRATAR UM ENGENHEIRO AGRÔNOMO PARA ESTUDAR A SEGURANÇA DAS PALMEIRAS.
    NOSSO TERRENO É ARENOSO POREM MEU JARDIM COLOQUEI MUITA TERRA ADUBADA.
    O SENHOR ACHA QUE CORREMOS ALGUM RISCO DAS PALMEIRAS TOMBAREM POR CAUSA DOS VENTOS?

    • Bom dia Adriana,

      Não vejo motivos para se preocupar, elas suportam perfeitamente ventos fortes.

      Abraços

  11. Bom dia Raul!
    Tenho uma palmeira que todas as folhas não abrem, crescem, mas ficam grudadas. E agora a palmeira do lado começou a apresentar o mesmo problema. O que devo fazer?
    Muito obrigada!

    • Deliene, boa tarde,

      Isto é sintoma de alguma praga. Faça pulverizações com Forth Defende, alternando com Forth Cobre, três de cada e aplique em volta da palmeira, 200 gramas de salitre do chile duplo potássico.

      Acredito que irá resolver o problema.

      Abraços

  12. Bom dia Raul. Tenho 2 Ceroxylon Quindioense (wax palm) com cerca de dois metros. Contudo, tenho alguma curiosidade sobre as raízes. Mesmo em adultas qual o espaço que as raizes deste tipo de palmeira precisam? Obrigado. Antonio Silva (Portugal)

    • Bom dia Antonio,

      Essa espécie originaria dos Andes colombianos é, talvez, a palmeira mais alta do mundo, geralmente têm sistemas radiculares penetrantes e profundos, mas não expansivos.

      Abraços

  13. Olá Raul, tudo bem?
    Os vizinhos me alertaram de que deveria me preocupar com essa palmeira aqui.. ela é alta e está com a base dela dessa forma da foto.. devo mandar cortar?

    • Olá Ariel,

      A foto não chegou até nós. Tente novamente.

      Abraços

  14. Tenho um coqueiro em minha casa que está mais de 30 metros de altura que dá cocos pequenos caem verdes e depois ficam amarelos esse coqueiro pode cair ??

    • Nelson,

      Esse sintoma não aponta um risco de queda, mas uma deficiência nutricional.

      Os frutos dele podem não prosperar por um estres ambiental, ou por desequilíbrio nutricional do coqueiro, também o ataque de ácaros ou de doenças nos frutos, podem afeta-lo. Para o pegamento dos cocos, recomendo fazer adubação orgânica com aproximadamente de 10 quilos de esterco curtido de gado, complementado por adubação química utilizando-se 3 quilos de uma formulação NPK (20-10-20). Isto deve ser aplicado sem afetar o tronco dele, isto é a uma distancia de 20 centímetros do caule.

      Abraços

  15. Copa de palmeira pode cair? Preocupa-me uma possível queda sobre o telhado da casa.

    • Roque,

      As palmeiras normalmente balançam, mas não caem. As folhas velhas caem sempre, entretanto a palma permanece em pé.

      Abraços

  16. Queria saber quais são as palmeiras de crescimento rápido.

    • Conrrado,

      Seguem algumas:

      – Archontophoenix cunninghamiana – seafórtia;
      – Carpentaria acuminata – carpentária;
      – Caryota urens – palmeira-rabo-de-peixe;
      – Euterpe edulis – palmito;
      – Syagrus romanzoffiana – jerivá;
      – Washingtonia robusta – palmeira-de-saia;
      – Wodyetia bifurcata – rabo-de-raposa.

      Todas elas são de desenvolvimento acelerado.

      Abraços

  17. Bom dia como posso fazer para inibir o crescimento de uma palmeira

    • Bom dia Marcelo,

      Diminuir as regas dificulta o crescimento, não vejo uma outra forma.

      Abraços