Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Pandanus utilis

Pândano

Pândano

Árvore escultural, com formato piramidal único, chama à atenção por causa de suas folhas espatuladas e raízes aéreas que assemelham se a muletas de sustentação. Estas indicam que a espécie é nativa em locais pantanosos e arenosos próximos às praias, sendo, nesses casos, útil no controle da erosão. Os frutos femininos são formados por numerosas drupas que pendem dos ramos e são consumidos cozidos, em Kiribati, Ilha de Reunião e Ilha Mauricio. Flutuam no mar e assim surgem mudas nos Oceanos Indico e Pacífico, sem a ajuda do homem. As espécies masculinas possuem flores amarelas e aromáticas e suas sementes são usadas na confecção de terços e colares. Com as fibras das folhas são feitos chapéus, cordas, tapetes, cestas; servindo, também, para cobrir as casas dos nativos.

É digno de dó ver essa árvore sendo usada em locais com solos pobres e pedregosos, como lamentável, também, quando utilizada em vasos onde as raízes não conseguem desenvolver. Os Pandanus, como o próprio nome já indica, são de locais pantanosos, com alta umidade ambiente, ocasionada pelas chuvas, pelo orvalho diário e pela associação de outras espécies que densamente convivem com eles.

  • Sinônimos estrangeiros: common screwpine (em inglês); fruit du vacoa (em francês); schraubenbäume (em alemão); pándano (em espanhol); pandang (em malaio); pandan(em indonesio)
  • Família: Pandanaceae
  • Características: Árvore escultural
  • Porte: 6 a 15 m. Copa cônica.
  • Cor da folhagem: Verde escuro
  • Origem: Madagascar, Ilhas Mauricio, Reunião e outras na Polinésia
  • Clima: Tropical / subtropical, com alta umidade ambiente. Solos úmidos ou encharcados.
  • Luminosidade: Sol pleno ou meia-sombra

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

79 Comments

  1. Tenho um pandanus e está com uma podridão em caule, escura e parece q vai esfarelando o mesmo. A seiva só está passando por metade do caule e a estrutura está ficando afetada. O q faço?

    • Ayres,

      O tronco afetado pode ser tratado fazendo inicialmente uma raspagem para remover o tecido apodrecido até encontrar o tecido sadio; a seguir é necessário fazer um tratamento profilático com pasta bordalesa. Limpo e desinfetado, o buraco deve ser preenchido com cimento e, por último, para selar as bordas da casca, aplique um mastique, cuja receita é a seguinte:

      200 g de cera de abelha
      60 g de breu
      30 g de sebo de vaca
      Derreta os ingredientes em fogo brando, misturando com uma espátula de madeira.

      Abraços

  2. Olá, tudo bem? Tenho um pândanos em um vaso grande mas onde mora venta muito, as folhas entortaram e tivemos de tirá-las, não sei se entortaram por causa do vento ou se apodreceu, se puder me dar uma ajuda, não sei se tem como brotar novas folhas já que está sem nenhuma, obrigada.

    • Olá Andréia,

      Seguramente o vento não foi o responsável pelo que aconteceu com as folhas, já que o Pandanus utilis suporta os ventos. O que deve ter acontecido é um vírus ou um ataque de fungos.

      Não é provável que ele se recupere, pelo menos é o que vejo na foto que nos envia. Porém aguarde um par de semanas observando se surge uma brotação. Nesses dias não regue a planta, veja apenas que o solo do vaso esteja quase seco.

      Abraços

      • Abraços, muito obrigada 🙏

        • Você merece, Andréia!

          Abraços

  3. Como fazer outra árvore apartir da cemente

    • Francisco,

      Faça da seguinte maneira: colha as pinhas e separe cada frutinho, colocando-o em água para despolpar. Em seguida semeei em uma mistura de composto orgânico com areia média lavada, em partes iguais, mantendo sempre o solo levemente úmido. O local para isto deve estar protegido dos ventos. Essas sementes demoram entre 2 e 3 meses para germinarem. Quando isto acontecer pode levar as plantinhas para um local com sol rendado.

      Abraços

Secured By miniOrange