Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Pentas lanceolata

estrela-do-egito, flor-do-egito, pentas, show-de-estrelas, cacho-de-estrelas, silena

Se gostar de borboletas, e o jardim for localizado em regiões de cerrado, como Goiás ou Minas Gerais ou, até, no sertão baiano ou alagoano, onde as temperaturas são altas e a umidade é mínima; você precisa ter um canteiro com esta planta perene, que floresce quase que sem parar.

Os povos árabes inventaram um estudo baseado na geomancia, onde algumas plantas induziam a vivenciar experiências benéficas. A estrela-do-egito inspira tranqüilidade de espírito, persistência e segurança, segundo essa antiga ciência. Quiçá as borboletas transmitam tudo isso, influenciadas pela suave vibração dessas flores.

Sinônimos estrangeiros: pentas, star flower, star cluster,egyptian star-cluster (em inglês).
Família: Rubiaceae.
Características: planta herbácea.
Porte: 0,6 a 1,2 m.
Fenologia: primavera, verão e outono.
Cor da flor: rosa, vermelha, azul-violeta, violeta-lilás, branca.
Cor da folhagem: verde-escura.
Origem: Egito e região nordeste da África.
Clima: subtropical (tolerante ao frio).
Luminosidade: sol pleno ou pouca sombra.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

4 Comments

  1. Oi!
    Tudo bem?
    É verdade que depois de 2 anos exige renovação? Se plantar em São Paulo…
    E quanto as regas?
    Obrigada

    • Oi Márcia,

      A Pentas, embora perene, depois de dois anos, perde um pouco o vigor inicial, sendo necessário o replantio. entretanto pode ser estimulada com podas e adubações feitas com 50 g de superfosfato simples associado com um kg de esterco de frango por metro quadrado.

      As regas devem ser realizadas quando o solo estiver seco, a Pentas é uma espécie que prefere solos enxutos.

      Abraços

  2. Olá Raul, admiro vc e seu trabalho, parabens!
    Gostaria de saber pque um canteiro de ” lirios-da-paz ” amarelaram e as mudas soltavam do solo c/um simples puxar, na raiz uma substancia esbranquiçada parecia acumular uns insetos minusculos .
    Agradeço mto se puder me orientar, isso ocorreu no periodo do verão intenso que tivemos há uns 2 meses atrás, gde abraço e felicidades.

    • Oi Lina,

      Em primeiro lugar, obrigado pelo carinho.

      Esse problema é causado por um fungo, responsável pela podridão das raízes.

      1 – remova e destrua as plantas doentes;
      2 – diminua as regas;
      3 – aplique 200 g de calcário dolomítico por m²;
      4 – depois use o Biotrich: http://www.futuragro.com.br/
      5 – Pulverize com Forth Cobre, seguindo as instruções do fabricante.

      Isto solucionará o problema.

      Abraços