Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Peperomia prostrata

peperômia-rastejante, colar-de-tartaruga, cordel-de-tartaruga

Foto de Jerzy Opioła, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Um dos nomes populares é colar-de-tartaruga, pela semelhança das folhas redondinhas e suculentas com o casco da tartaruga. Desenvolve bem em ambientes internos e também em vasos sobre prateleiras, estantes ou presas a correntes, como planta pendente, requerendo uma boa iluminação natural, mas longe dos raios solares. Deve ser plantada em um solo composto por 70% de Forth Condicionador Floreiras e 30% de areia média lavada, uma adubação com um pouco de torta de mamona irá estimular um bom crescimento. As regas devem ser limitadas, já que não suporta solos muito úmidos, entretanto a umidade ambiente deve ser alta.

Foto de Dysmorodrepanis, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

A propagação é feita pela separação das touceiras.

  • Sinônimos estrangeiros: string of turtles, trailing peperômia, turtle vine, chain of turtles, jade necklace, (em inglês); cadena de tortugas, (em espanhol); stringhe di tartaruga, (em italiano); chaîne de tortues, (em francês).< /span>
  • Família: Piperaceae
  • Características: herbácea perene de folhagem ornamental.
  • Porte: ramos pendentes com 40 centímetros de comprimento.
  • Fenologia: verão, sem importância ornamental.
  • Cor da flor: branca.
  • Cor da folhagem: verde escura com veios brancos.
  • Origem: América Central, América do Sul.
  • Clima: tropical / subtropical.
  • Luminosidade: sombra/meia sombra.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange