Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Phoenix canariensis

Tamareira-das-canárias, palmeira-das-canárias

palmeira-das-canárias em Beverly Hills

palmeira-das-canárias em Beverly Hills

Ela é, seguramente, uma das palmeiras mais populares entre os paisagistas do mundo inteiro. E não é casual esta unanimidade, porque seu aproveitamento abrange as mais variadas situações, desde seu posicionamento junto a uma piscina, emoldurando a entrada de uma residência, em grandes espaços públicos, como praças e parques ou até na formação de alamedas. Sua notoriedade nos jardins também se deve ao fato de suportar frios intensos – prova disto é seu uso em Londres e em Belfast, cidades onde resiste nevascas – e a tolerância às secas, encharcamentos repentinos e a salinidade do solo. Por isso é comum vê-las em lugares tão opostos, como: Beverly Hills, Queensland, Buenos Aires e Roma.

Outro atrativo é a capacidade de hospedar, no seu grosso tronco de quase 1 metro de diâmetro, muitas plantas epífitas, como: samambaias, echeverias, trevos e bromélias.

tronco da palmeira com epífitas

tronco da palmeira com epífitas

TRANSPLANTE

O transplante da Phoenix canariensis pode ser feito em plantas adultas desde que a muda tenha sido cultivada de modo a formar um bom torrão de terra na hora de ser arrancada. Esse torrão deve obedecer um formato em que as raízes sejam preservadas e em parte cortadas de forma precisa e “limpa”, de modo a ter uma regeneração posterior. Essa operação, quando feita com maquinário apropriado e profissionais treinados, garante um transplante sem estresses maiores para esta palmeira, entretanto se for feito manualmente o risco de quebra do torrão e mutilação do sistema radicular é maior e seu formato dificilmente terá a uniformidade que um bom equipamento proporciona, já que este o padroniza de acordo com a dimensão da planta. O torrão, banhado com Trichoderma spp. (fungos com ação fitossanitária positiva), deverá ser protegido com um filme de polietileno auto-adesivo (stretch), que o protege conservando a umidade no torrão até o plantio. O transporte e manuseio são fundamentais e devem ser realizados também com os equipamentos específicos como guindastes e caminhões adequados evitando, na medida do possível, o contato manual com os consequentes solavancos e pancadas que ocasionam feridas no tronco e traumas nas raízes.

suportando a neve

Suportando a neve

A adubação de plantio requer, misturada com um bom substrato, a adição de calcário dolomítico (rico em cálcio e magnésio), fósforo e potássio.

  • Sinônimos estrangeiros: canary Island date palm, pineapple palm, (em inglês); palmera canaria, (em espanhol); nakhil al kanary, (em árabe); palmier des canaries, (em francês); palma delle Canarie, (em italiano); kanarische dattelpalme, (em alemão); kanarii yashi, (em japonês).
  • Família: Arecaceae.
  • Porte: de 12 a 15 m de altura, excepcionalmente alcança 30 m.
  • Fenologia: primavera.
  • Cor da flor: branca e frutos alaranjados que atraem pássaros.
  • Cor da folhagem: verde-escuro, as folhas são espinhentas na base.
  • Origem: Mesopotâmia (Iraque), Ilhas Canárias. Aclimatada e cultivada no sul dos Estados Unidos, principalmente na Califórnia, Nevada, Arizona, Alabama e Flórida, na região do Mediterrâneo, Austrália, Nova Zelândia, Canadá, países árabes, Japão, Malásia e toda a América do Sul.
  • Clima: subtropical / tropical / temperado (tolera temperaturas de até -8º).
  • Luminosidade: sol pleno / meia sombra / sombra.

Mais informações e compra: Palmeira Plantas

Responder Julio Francisco Borsatto Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

26 Comments

  1. Boa noite Raul Canovas a um tempo fiz umas perguntas para você! Vo retirar a palmeira e levar ela para o lugar definitivo! Como eu tinha dito ela tem uns 8 metros de tronco! Tem algum enraizador que posso usa! Tenho um anraizador que uso na soja. Ácido 4-indol-3-ilbutírico 0.05 g/L Ácido indolalcanóico – Ácido giberélico 0.05 g/L Giberelina
    Cinetina 0.09 g/L Citocinina
    Ou tem algum protuto pra ela pegar as raizes mais rápido?

    Uso cinza de madeira, Calcario, substrato? É a rega a quantidade é a tempo dela?
    Preciso de sua opinião amigo? Muito obrigado pelo blog!

    • Bom dia Carlão,

      Eu indico o Forth Enraizador, ele é próprio para isto.

      10 kg de cinzas de lenha, 500 g de calcário e 50% de um bom substrato misturado com o solo do local são muito bem vindos.

      As regas devem ser diárias de modo a deixar o solo levemente úmido, mas não encharcado.

      Abraços

  2. Bom dia Raul. Eu fiz o plantio dessa Canariensis há 3 meses. Notei que ela sentiu o plantio (não sei se sentiu com o frio tbm). Pois bem, estava pesquisando sobre fungos, e notei que algumas folhas da minha estavam parecidas com folhas de palmeiras infectadas com o fungo Fusarium. É possível ela estar doente? ou apenas sentiu o plantio? Fiz uma poda das folhas estranhas, deixando apenas as verdes do meio. Parabéns pelo blog.
    Abs

    • Boa tarde Henrique,

      Os sintomas de fusarium na Phoenix canariensis aparecem primeiro nas folhas mais velhas e depois sobem para cima até a palmeira morrer. Essa doença não tem cura.

      Em tudo caso faça assim:

      – Diminua drasticamente as regas;
      – Adicione ao solo 300 g de calcário dolomítico misturado
      com 30 g de sulfato de potássio, revolvendo até uma profundidade de 10 cm;
      – Regue com extrato de casca barbatimão a 5%
      – Pulverize todo o canteiro com Ecotrich, um fungicida formulado a base do fungo Trichoderma.

      Caso não seja fusarium este tratamento não causará danos a palmeira.

      Abraços

      • Primeiramente, obrigado pelas informações Raul.

        Então, procurei em várias casas de insumos agrícolas aqui na minha cidade. Algumas coisas encontrei e outras não. Uma dúvida, posso fazer o uso do calcário e uma pulverização foliar com Inductor?
        Mais uma vez, obrigado!
        Abs,

        • Pode sim, Henrique.

          Abraços

  3. Boa noite! Amanhã vou transportar uma palmeira dessas de 8 metros. O rapaz que vai fazer isso pra mim ela disse que vai colocar uma espécie de tecido em volta do torrão e uma tela de arame para não soltar os torrões! Estou levando ela pra um lugar que vai ficar por um ano! Para depois ir pro locão definitivo! Tenho que tirar ele de onde está! O certo era direto no local definitivo certo! Mais não vão dar! Devo deixar a tela e o tecido a onde vou deixar ela? No buraco ou melhor tirar? Joga um pouco de esterco de vaca junto no buraco onde vou plantar ela?

    • Boa tarde Carlão,

      Sim, deixe aderida essa tela e não coloque esterco no berço onde irá permanecer por um ano. Apenas use 50% de um bom substrato, misturado com 50% de terra do local, 1 kg de calcário dolomítico e 5 kg de cinzas de lenha, livres de sal e/ou gordura, bem misturados.

      Observe de deixar a palmeira bem aprumada.

      Abraços

  4. Oi Raul, tudo bem! É verdade que ela frutifica só quando tem o macho e a fêmea juntos?! Se eu quiser, plantar apenas uma ela não irá frutificar?! E com qual tamanho ela frutifica?!

    • Olá Karina,

      Esta palmeira é dioica, com sexos separados em plantas diferentes. A primeira floração (que acontece quando há plantas dos dois sexos) demora entre 5 e 8 anos.

      Abraços

  5. Boa tarde. Qual a melhor época para o replantio da fênix canariense?
    Obrigado.

    • Bom dia Julio,

      A primavera é a melhor época.

      Abraços

  6. COMO ESTÁ O (Rynchoporus Ferrugineus) Nelas???

    • Gabriel,

      O escaravelho-vermelho (Rhynchophorus ferrugineus), pode ser controlado com a utilização de armadilhas com feromonas e com a utilização de bio-inseticidas.

      Abraços

  7. Ola

    Qual a linha de crescimento da phoenix canariensis? Com 1 ano apresenta que tamanho? E dai por diante..

    • Olá Alex,

      Com 1 ano, mais ou menos 30 centímetros. Isto depende da região onde for cultivado.

      Abraços

  8. Uma canariense com um ano de idade chega a que altura ? E já posso colocá-la onde ela vai ficar ?

    • Gabriel,

      O crescimento é lento, mas pode transplanta-la para o local definitivo.

      Abs

  9. Boa noite! Adquiri 3 canarienses de aproximadamente 2,5 cada foram plantadas no rio-grande do sul brasil e o clima está ocilando muito as temperaturas variam de 8 a 32 graus em apenas 2 dias ? Como devo proceder com a irrigação dessas plantas?

    • Bom dia Gabriel,

      O clima de sua região é ideal para essa espécie rústica e adaptável a qualquer situação. As regas frequentes a fortalecem, entretanto a falta de água não lhe causa maiores estresses.

      Abraços

  10. MARKETING POR SMS

    DIVILGAMOS SUA EMPRESA,PRODUTO E NEGOCIOS PARA TODO O BRASIL OU REGIÃO DESEJADA.

    SUA EMPRESA,PRODUTO E MARCA LIDOS EM MILHARES DE CELULARES AO MESMO TEMPO.

    TEMOS BANCO DE DADOS DE TODO BRASIL .

    SAIBA MAIS: 31-99824-8370 WHATSAPP

    Adilson

  11. MARKETING POR SMS

    DIVILGAMOS SUA EMPRESA,PRODUTO E NEGOCIOS PARA TODO O BRASIL OU REGIÃO DESEJADA.

    SUA EMPRESA,PRODUTO E MARCA LIDOS EM MILHARES DE CELULARES AO MESMO TEMPO.

    TEMOS BANCO DE DADOS DE TODO BRASIL .

    SAIBA MAIS: 31-99824-8370 WHATSAPP

    Adilson

  12. Boa noite! A 3 meses adquiri uma palmeira canariense de um visinho e a transplantei para meu jardim, a mesma tem um porte de uns 2m de altura de tronco, quando transplantada usei apenas adubo organico, depois de alguns dias fui a uma loja de plantas e me indicaram a utilizacao fo forth enraizador, ja coloquei algumas fezes sobre o solo, estou percebendo que estao nascendo folhas novas no miolo, todavia, elas crescem um pouco, e ao inves de ficarem na posição vertical, elas se inclinam para um dos lados sobre as folhas mais antigas, estou muito preocupado e gostaria de alguma dica ou sugestão de algum produto que possa utilizar para fortalece-la, assim como algo para foltalecer as folhas para que fiquem verdes e bonitas, desde ja muito obrigado pelo retorno, att Selio Braun

    • Boa dia Selio,

      O Forth Enraizador deve ser diluído usando 5 ml por litro de água e usado semanalmente durante um mês e meio, no máximo.

      Agora é preciso de paciência para a palmeira se recuperar do transplante. O clima de sua região suportará temperaturas baixas já no próximo mês, portanto não aplique fertilizantes agora. Espere os meses com temperaturas mais altas para usar um fertilizante apropriado, como o o Forth Palmeiras.

      Abraços

  13. Bom dia !

    Poderiam me informar quanto custa uma Palmeira PHOENIX CANARIENSIS – 7.75 M. TRONCO já plantada ?

    Sem mais, fico no aguardo e agradeço.

    Atenciosamente,

    Romilton