Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Pistacia vera

pistache, pistáchio

Foto de Hukketto, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

Com ramificação extensa, apresenta folhas coriáceas cobertas por penugem, que formam uma copa densa, desta árvore cujos frutos são consumidos inteiros, torrados e salgados, também é bastante comum o sorvete de pistache, de coloração verde. É utilizado em doces como a baklava, um pastel turco elaborado com a pasta de pistache triturada e envolvida em uma massa banhada com mel, igualmente é feita a salada de pistache, o pudim, as conservas de frutas, assim como o queijo cottage com suas amêndoas.

Foto de Safa.daneshvar, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

É uma espécie dioica, isto é, pode ter apenas flores masculinas ou flores femininas e para obter frutos, o pólen das árvores masculinas devem ser levados pelo vento para as árvores femininas, sendo que somente estas últimas produzem frutos, o ideal é cultivar uma árvore de pistache masculina no centro de cada nove árvores de pistache femininas. A árvores de pistache masculinas podem ser notadas facilmente, porque elas são maiores e mais robustas do que as árvores femininas. Suas raízes compridas e extensas podem alcançar três metros de profundidade, em solos relativamente profundos, leves, secos e arenosos.

Foto de نغم بدر, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Um estudo americano publicado no Journal of Nutrition revela que o pistache é mais rico em betacaroteno e vitamina E do que outros tipos de nozes, e que, se incluído na dieta, pode aumentar os níveis de antioxidantes no sangue de pessoas com colesterol alto, reduzindo os triglicerídeos, bem como a pressão arterial.

Seu nome botânico deriva do persa pistah, do grego pistake e do latim pistacia, adotado por Linnaeus para designar a árvore que produz o pistache. O epíteto específico vem do latim verus = verdadeiro, legítimo, pois esta é a verdadeira árvore que produz os pistaches. Já o escritor grego Nicandro de Cólofon, que viveu no século II a.C. e o médico, botânico e farmacêutico Dioscórides, (40 – 90), autor da obra De materia medica, mencionaram esta árvore.

Multiplica-se por sementes e as variedades por enxertos.

  • Sinônimos estrangeiros: green almond, fustuq, pistachio, (em inglês); pistachier , (em francês); pistacchio, (em italiano); pistacho, pistachero, alfóncigo. (em espanhol); pistazienbaum, (em alemão).
  • Família: Anacardiaceae.
  • Características: árvore caducifólia.
  • Porte: 5 a 8 metros de altura.
  • Fenologia: setembro e outubro. Frutifica entre janeiro e agosto.
  • Cor da flor: rósea.
  • Cor do fruto: avermelhado.
  • Cor da folhagem: verde brilhante e clara.
  • Origem:  Israel, Irão, Turquia, Síria, Afeganistão, Cazaquistão, Quirguizistão, Tadjiquistão, Turquistão, Uzbequistão.
  • Clima:  subtropical seco.
  • Luminosidade: Sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 Comments

  1. Como comprar árvores masculinas e femininas? Qual tipo de clima elas preferem?

    • María Aparecida,

      O clima preferido é o subtropical seco, como está referido acima. Você pode adquirir mudas no Viveiro de Mudas de Plantas Ciprest: Telefone: (19) 3451-5824 – https://www.ciprest.com.br/

      Abraços

  2. Oi querido que poetica a forma de propagação…linda metáfora… tb uma arvore macho no meio de 6 femeas…não por acaso é um harém…afinal ela é do oriente kkk…bjks !

    • Olá Maria Helena,

      Pois é, um verdadeiro harém oriental!!!

      Beijos

Secured By miniOrange