Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Importância da flora espontânea dos quintais – sexta parte

A erva-botão e o fígado

Algumas espécies cosmopolitas, como a Eclipta alba, na maioria das regiões, ocorrem, no meio de tantas outras, sempre em minoria, mas resistem à competição das outras espécies, usando seus próprios recursos, pois não podem contar com a ajuda de nenhum outro ser vivo.

No entanto, se suas qualidades fossem divulgadas, a E. alba teria muitos aliados entre os seres humanos. Portanto, como contribuição para a valorização dessa espécie, e, consequentemente, sua preservação, nesse texto são fornecidas algumas informações sobre a sua importância medicinal.

O seu principal nome popular – erva-botão – tem muito a ver com o formato de sua inflorescência ainda verde, pois parece um botão de camisa. Seus outros nomes populares são, por exemplo, agrião-do-brejo e surcuína.

Na fitoterapia, destaca-se por sua atividade hepatoprotetora, auxiliando um bocado no funcionamento do fígado. A principal substância relacionada ás suas atividades terapêutcas é a wedelolactona, e o seu uso oficial ocorre por meio de cápsulas.

Nos artigos indicados, muitas outras ações, já comprovadas cientificamente, são citadas.

Texto: Marcos Roberto Furlan

Selecionei alguns artigos para que confirmem suas indicações:

Chemical composition, pharmacological activities of Eclipta alba
A review on hepatoprotective herbal drugs
Eclipta alba (L.) A review on its phytochemical and pharmacological profile

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.