Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Peumus boldus

boldo-do-chile, boldo-verdadeiro 

O boldo é uma árvore de porte médio, raramente ultrapassando os 12 metros de altura; de crescimento muito lento, leva várias dezenas de anos até alcançar um porte definitivo. Geralmente é encontrado como um arbusto ou uma pequena arvoreta. Arqueólogos acharam, no sítio arqueológico de Monte Verde, no sul do Chile, restos de folhas dele, usados por humanos há cerca de 14.500 anos. Esta área está localizado um pouco mais ao sul de sua área de distribuição atual e acredita-se que naquele tempo, o fim da última glaciação, seu limite estava ainda mais distante, de modo que as folhas teriam chegado ao local através da troca com outros grupos. 

Isto demostra que as propriedades fitoterápicas de suas folhas eram conhecidas pelas comunidades indígenas sul-americanas, que habitavam os Andes chilenos, tornando-se conhecidas mundialmente a partir da colonização europeia na América do Sul. É interessante destacar seu valor paisagístico em áreas de poucas chuvas e baixa umidade ambiental, onde o solo é arenoso e pobre nutricionalmente. As flores atraem borboletas e abelhas e as folhas, misturadas com erva mate, são consumidas no Chile, Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai, também seu aroma é mais agradável que o boldo de jardim.   

O boldo traz benefícios principalmente para o fígado, especialmente no tratamento dos suores frios, intestino preso e dores de cabeça. Bebido em forma de chá, antes das refeições, ajuda a digerir melhor alimentos gordurosos. Entretanto o chá não deve ser bebido por aqueles que tem problemas inflamatórios no pâncreas e nas vias biliares, assim como os que padecem de cálculos biliares e hepatite. Tampouco é indicado para as gestantes, já que o boldo pode criar problemas na formação do bebê, especialmente nos primeiros três meses de vida. 

  • Sinônimos estrangeiros: boldu, boldus, boldo, (em inglês); boldo, (em espanhol); boldo, (em italiano);boldo, (em Francês).
  • Família: Monimiaceae.
  • Características: Árvore.
  • Porte: 7 a 12 metros de altura.
  • Fenologia: Agosto e setembro.
  • Cor da flor: Branca.
  • Cor da folhagem: Verde- acinzentada.
  • Origem: Norte do Chile.
  • Clima: Temperado, suporta frio intenso.
  • Luminosidade: Sol pleno.

Responder Maria de Fátima Kiekow Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

8 Comments

  1. Raul é um prazer falar com vc ! És tão humilde e educado. Gosto muito assistir os vídeos que acho no you tube, sua tranquilidade trás paz! Seu trato com as plantas realmente encantador. Me inspiro no seu jardim(VI NO CANAL DA NÔ), penso que as plantas tem sua natureza e deixo elas seguirem, aqui em casa tenho muitos pássaros plantando , deixo todas elas crescendo. Quero uma floresta! me surpreendo todos os dias com a natureza e que seguimos assim.

    grande abraço!

    • Ah, Camila,

      Adorei suas palavras afetuosas!!! A floresta é uma imagem perfeita para inspirar um jardim.

      Abraços verdes

  2. fiquei confusa, não sei o que tenho em casa. a foto das folas que mostrou parece com o meu ,mas as flores são roxa lembra a do manjericão porém maior.

    • Camila,

      As cores das flores podem variar de branco para roxo, mas são da mesma variedade.

      Abraços

  3. Não conhecia além do arbusto.Gostaria de uma foto das folhas, para que eu possa indentifica-la.A foto posta não me permite. E o livro é só pelo blog? Livrarias não?

    • Maria de Fátima,

      Segue uma foto das folhas deste boldo.

      O livro só é vendido através do blog, se o adquire lhe enviaremos um exemplar autografado.

      Abraços

  4. O boldo de jardim tem as mesmas características terapêuticas do Boldo do Chile?

Secured By miniOrange