Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Prunus dulcis

amendoeira, amendoeira-real, amêndoa-de-coco, amêndoa-durázio, amêndoa-molar

Foto de Libero12 at Italian Wikipedia, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

A amendoeira é cultivada em diversas partes do mundo, especialmente na Califórnia (USA) e Espanha, por seus frutos comestíveis. As amêndoas, são cultivadas há milhares de anos, com registros que datam de 3.000 a.C. As folhas são lanceoladas e serrilhadas nas bordas e os frutos são drupas, que consistem em uma casca externa verde e uma casca interna dura, que abriga a semente comestível, a amêndoa. Preferem solos bem drenados e geralmente requerem uma quantidade significativa de horas frias durante o inverno para uma boa produção de frutos.

Foto de بدارين, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Existem duas principais variedades de amêndoas: amêndoas doces e amêndoas amargas. As amêndoas doces são cultivadas principalmente para consumo humano, enquanto as amêndoas amargas são usadas na produção de óleo de amêndoa amarga e em algumas receitas específicas. Na culinária, as amêndoas são utilizadas em uma variedade de pratos, desde sobremesas até pratos principais, como doces, saladas, tortas e pães, sendo o leite de amêndoas uma alternativa ao leite de vaca.

Foto de Ivar Leidus, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Na mitologia grega, as amêndoas eram consideradas um símbolo de fecundidade e renovação. Na Grécia Antiga, as nozes de amêndoa eram associadas à deusa Deméter, que era a deusa da agricultura e da fertilidade. As amêndoas também eram um símbolo de sorte e prosperidade, e eram frequentemente usadas em rituais de casamento e festivais.

Além disso, em algumas tradições cristãs, as amêndoas eram um símbolo da ressurreição de Cristo e eram frequentemente usadas em celebrações de Páscoa. As amêndoas eram pintadas de cores brilhantes e distribuídas como presentes durante esta época do ano.

É valorizado por sua beleza ornamental, especialmente quando está em flor, oferecendo alimento para as abelhas e outros polinizadores. Suas flores criam um espetáculo visual encantador que pode iluminar qualquer jardim e a copa fornece sombra agradável em áreas maiores de jardins ou parques. Sua folhagem densa pode ajudar a reduzir a intensidade da luz solar direta, criando áreas frescas e confortáveis para descanso ou lazer.

É reproduzido por enxertia, permitindo a propagação de cultivares específicas com características desejáveis, como resistência a doenças, tamanho da fruta, etc. e produzindo árvores mais precoces e vigorosas.

  • Sinônimos estrangeiros:  almond tree, (em inglês); almendro, (em espanhol); amandier, (em francês); mandelbaum, (em alemão); mandorlo, (em italiano); āmondo, (em japonês); obyknovennyy mindalʹ, (em russo); tián xìng rén, (em chinês); dalkeomhan amondeu, (em coreano), shajarat al-lawz, (em árabe).
  • Família: Rosaceae.
  • Características: árvore caducifólia.
  • Porte: 4 a 8 metros de altura.
  • Fenologia: final do inverno ou início da primavera, antes das folhas.
  • Cor da flor: branca ou rosada.
  • Cor da folhagem: verde-escura.
  • Origem: Síria, Turquia, Irã e Paquistão.
  • Clima: temperado, suportando neve e geadas.
  • Luminosidade: sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange