Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Pseudorhipsalis ramulosa

ripsalis vermelho

Foto de Forest & Kim Starr, CC BY 3.0 US, via Wikimedia Commons

Uma planta epífita e ramificada, cuja característica principal é sua coloração avermelhada nas folhas achatadas, que pendem em uma incrível cascata e não possuem espinhos. Ela floresce de dia, produzindo pequenos frutos brancos, contrastando com o vermelho das folhas.

É uma cactácea ideal para ser cultivada apoiada em ramos de árvores, onde luze bem por causa da tonalidade dos ramos, também pode ocupar ambientes internos ou em varandas, recebendo luz solar de modo indireto.

Foto de Krzysztof Ziarnek, Kenraiz, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Bastante rara, vi ela por primeira vez na Casa das Plantas – Garden Center e Paisagismo, em Curitiba e fiquei encantado com seu jeito, destacando-se entre uma infinidade de outras plantas.

O nome Pseudorhipsalis significa falso e semelhante ao vime, referindo-se às hastes delgadas e entrelaçadas. O epíteto específico ramulosa significa com muito ramos, em referência aos caules.

Muito fácil de multiplicar, cortando uma folha da planta, bem próximo ao caule da mesma e enterrando-a em solo arenoso em local sombreado.

  • Sinônimos estrangeiros: red mistletoe cactos, ripsalis red coral, (em inglês); rhipsalis rouge, (em francês); rosso mistletoe cactus, (em italiano); ripsalis rojo, cactus muérdago rojo, (em espanhol).
  • Família: Cactaceae.
  • Características: herbácea epífita, suculenta e pendente.
  • Porte: ramos com 80 centímetros de comprimento.
  • Fenologia: inverno e primavera.
  • Cor da flor: esbranquiçadas.
  • Cor da folhagem: púrpura.
  • Origem: Brasil, Colômbia, sul do México, Jamaica e Venezuela.
  • Clima: tropical/subtropical.
  • Luminosidade: meia-sombra ou sol da manhã, mas com boa luz solar indireta.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange