Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Sabal palmetto

sabal-da-flórida, sabal-palmito

Foto de DiscoverTaylor, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Uma palmeira que surge habitualmente em regiões litorâneas, onde é favorecida pelos ventos e maresia, possui um único estipe que alcança 30 centímetros de diâmetro coberto pelas marcas das folhas secas. As folhas palmadas mostram filamentos nas bordas. É tolerante à seca e a água salobra, mas prospera melhor com rega e adubação regular. Os frutos são comestíveis e as sementes podem ser moídas fazendo uma farinha.

Foto de James St. John, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

No Brasil deveria ser mais aproveitada pelo seu porte elegante. Nos Estados Unidos é chamada popularmente de “palmeira-couve”, aludindo seu palmito comestível. O tronco é usado para estaqueamento, construções, etc. Ela é o emblema oficial do escudo no Estado da Carolina do Sul, denominado “Estado do Palmetto”.

Foto de Mmcknight4, Public domain, via Wikimedia Commons

Reproduz-se por sementes que demoram 60 dias em germinar.

  • Sinônimos estrangeiros: cabbage palm, Carolina palmetto, cabbage palmetto, sabal palm, blue palmetto, common palmetto, Garfield’s tree, swamp cabbage, (em inglês); palmera de Carolina, palma cana, palma de abanico​, palmito de tierra firme, guana cana, (em espanhol); chou palmiste, (em francês); palmettopalme, sabalpalme, (em alemão).
  • Família: Arecaceae.
  • Porte: de 7 a 18 m de altura, excepcionalmente alcança 25 metros.
  • Fenologia: primavera.
  • Cor da flor: creme e frutos pretos que atraem pássaros.
  • Cor da folhagem: verde azulado, com o dorso acinzentado.
  • Origem: sul dos Estados Unidos, principalmente na Flórida, Geórgia e Carolina do Sul, também na península de Iucatã, no México.
  • Clima: subtropical / tropical (tolera frio).
  • Luminosidade: sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange