Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Scaevola plumieri

flor-canhota, repolho de praia, alface do mar

Foto de Forest & Kim Starr, CC BY 3.0 US, via Wikimedia Commons

A flor-canhota é um arbusto tropical, com folhas carnosas e suculentas, comum em dunas arenosas próximas do mar. Seus frutos flutuam no mar durante meses, sendo propagados pelas correntes oceânicas; este arbusto é pioneiro nos bancos de areia praianos nas regiões tropicais.

Foto de Ton Rulkens, CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons

Prefere solos arenosos com boa drenagem e aprecia os ventos marítimos carregados de sal. Nas praias convive com bromélias (Neoregelia cruenta), salsas-bravas ( Ipomoea asaralifolia), flor-canhota (Scaevola plumieri), periquito (Alternanthera maritima),  margarita-de-dunas (Senecio crassiflorus), junco-espinhoso (Juncus acutus), sapê (Imperata brasiliensis) entre outras, além dos coqueiros (Cocos nucifera), criando verdadeiras ilhas verdes rodeadas de areia. É muito indicada para o controle da erosão costeira. As flores têm o formato de uma mão, com cinco pétalas, por isso seu nome popular de flor-canhota. As abelhas são polinizadoras, mas também atrai vespas, mariposas, gaivotas e formigas.

Foto de Marcia Stefani, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

É reproduzido por sementes, é facilmente propagado a partir das estacas.

  • Sinônimos estrangeiros: beachberry, inkberry, half-flower, gullfeed, (em inglês); cerise bord de mer, prune bord de mer, scaevola de Plumier, (em francês); uva de mar, bosborin, borbón, coralillo, (em espanhol).
  • Família: Goodeniaceae.
  • Características: arbusto lenhoso e ramificado.
  • Porte: 0,80 a 1,50 metros de altura.
  • Fenologia: ano todo.
  • Cor da flor: branca.
  • Cor da folhagem: verde médio.
  • Origem: Pantropical, muito comum nas áreas costeiras do Brasil.
  • Clima: tropical/subtropical.
  • Luminosidade: sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange