Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Spirotheca passifloroides

mata-pau, paineirinha vermelha

Foto de Marlon Machado – Viveiro Ciprest

Com uma copa densa e colunar e tronco médio caulinar é uma árvore muito graciosa para ser pensada no paisagismo e na arborização urbana, especialmente por causa de sua notável florada que surge nos meses mais frios do ano, com a copa quase totalmente desfolhada, atraindo o pica-pau de topete amarelo e outros insetos polinizadores. Seu nome mata-pau é dado porque é uma planta que acaba se agarrando a outras plantas, com suas raízes fortes e constritoras, podendo matar a espécie hospedeira.

É reproduzida por sementes, colocadas em um solo argilosos logo após de colhidas, sempre em local sombreado e cobertas por uma camada fina de substrato. É interessante regar o solo antes da semeadura, com um chá frio de camomila e cavalinha, para evitar o ataque de fungos.

  • Sinônimos estrangeiros:  ceiba de tierra fría, (em espanhol).
  • Família: Malvaceae.
  • Características: árvore decídua
  • Porte: 6 a 9 metros de altura.
  • Fenologia: julho e agosto.
  • Cor da flor: vermelha.
  • Cor da folhagem: verde médio.
  • Origem: São Paulo, Paraná e Santa Catarina, na Mata atlântica;.
  • Clima: tropical/subtropical.
  • Luminosidade: sol pleno.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange