Sobre o Blog e Contato

Paisagismo e Jardinagem

Streptosolen jamesonii

marianinha, estreptosólem

O nome deste pequeno arbusto, que atrai borboletas, beija-flores e abelhas, deriva do grego streptos = torto e solon = tubo, em referencia a base da flor. Por ser tolerante à seca e quase imune às pragas e as doenças é indicada para as áreas públicas e outras onde se procure economia de manejo. Apenas recomendo uma poda, depois da florada, visando uma silueta mais compacta e um produção de flores maior algumas semanas depois; isto deve ser feito cortando 2/3 dos ramos.

A marianinha possui um porte arbustivo, mas pode ser conduzida como uma pequena trepadeira, graças a seu crescimento limitado ou plantada em vasos, para sacadas ou terraços, onde pode ser cultivada como planta pendente, devido às suas hastes flexíveis. Em regiões serranas, livres de geadas, pode ser cultivada até os 2.500 metros de altitude, já que, por ser nativa das regiões andinas, aprecia esses lugares.

E foi precisamente nos Andes equatorianos, que o francês Édouard François André (1840–1911) a observou em 1876, enquanto fazia reconhecimentos científicos para o governo da França, enviando-a mais tarde ao Royal Botanic Kew Gardens, na Inglaterra.

  • Sinônimos estrangeiros: marmalade bush, fire bush, (em inglês); trompetitas naranjas, heliotropo amarillo, mermelada, (em espanhol); streptosolen, (em italiano); streptosolen de jameson, marmalade busch, (em francês).
  • Família: Solanaceae.
  • Características: Arbusto perene semi lenhoso.
  • Porte: 1,00 a 1,60 m de altura e 1,00 m de diâmetro.
  • Fenologia: Ano todo, em cachos.
  • Cor da flor: inicialmente amarela tornando-se gradualmente alaranjada.
  • Cor da folhagem: Brilhante, verde-escura.
  • Origem: Colômbia, Equador, Peru.
  • Clima: Subtropical/temperado ( não suporta geadas).
  • Luminosidade: Sol pleno, meia sombra nos trópicos.

Comente ou pergunte

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso! Está a tentar enviar uma imagem inválida. A imagem não vai aparecer com o seu comentário.

4 Comments

  1. Belíssima planta! Onde encontro mudas ou sementes?

    • Onde você mora, Marcelo?

  2. Há uns anos,ofereceram-me essa planta maravilhosa,mas um dia,ao transplantá-la,ela morreu.Tenho tido dificuldade em saber onde ela se vende aqui em Portugal,mas não consigo encontrá-la.Será que me podem dar alguma informação?Grata pela atenção,aqui deixo meus cumprimentos.Margarida